Avaliação da cicatrização apos implantação da tela de polipropileno/poliglecaprone na correção do defeito produzido na parede abdominal em ratos

Avaliação da cicatrização apos implantação da tela de polipropileno/poliglecaprone na correção do defeito produzido na parede abdominal em ratos

Título alternativo Evaluation of healing tissue after used meshes of polypropylene/polyglecaprone in the repair of defects produced in abdominal wall of rats: the effect of copaiba and andiroba oils
Autor Yasojima, Edson Yuzur Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Lopes Filho, Gaspar de Jesus Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: avaliar os efeitos do oleo de copaiba e andiroba na correcao de defeito abdominal tratado com a utilizacao de tela de polipropileno/poliglecaprone em ratos. Metodos: foi criado um defeito na parede abdominal, corrigido com tela de polipropileno/poliglecaprone em 60 ratos. Estes foram aleatoriamente distribuidos em cinco grupos: controle, copaiba por administracao oral (gavagem), andiroba por gavagem, embebimento da tela no oleo de copaiba e embebimento no oleo de andiroba. A eutanasia foi realizada apos 7, 14 e 21 dias de pos operatorio. Foi analisado o processo de cicatrizacao em relacao as telas quanto aos aspectos macroscopicos e microscopicos. Resultados: todos os animais apresentaram aderencias abdominais, sendo estas menores no grupo copaiba gavagem (p<0,05). Na microscopia, todos os animais apresentaram inflamacao na fase aguda, sendo que esta resposta inflamatoria foi mais bem caracterizada pelo granuloma tipo corpo estranho em volta dos fragmentos da tela; este nao foi encontrado no grupo embebido copaiba, conjuntamente com os fragmentos da tela. Houve uma maior zona de necrose e de fibrose no grupo embebido copaiba e andiroba, em relacao ao controle (p<0,05). Os grupos gavagem copaiba e andiroba apresentaram uma maior quantidade de fibras colagenas em relacao ao grupo controle. Conclusao: os oleos de copaiba e andiroba, administrados via gavagem, apresentaram uma modulacao de resposta inflamatoria, comprovado pela diminuicao da quantidade de aderencias, sem prejudicar o processo de cicatrizacao. Os oleos abreviaram o processo de formacao de fibras colagenas. Contudo, quando administrados por via embebimento, prejudicaram o processo de cicatrizacao abdominal, sendo que o oleo de copaiba apresentou efeito corrosivo na tela
Palavra-chave Animais
Hérnia abdominal
Telas cirúrgicas
Cicatrização
Plantas medicinais
Ratos
Animals
Hernia, abdominal
Surgical mesh
Wound healing
Plants, medicinal
Rats
Idioma Português
Data de publicação 2012
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2012. 109 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 109 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22395

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta