Efeitos da hiperprolactinemia na expressao genica de prolactina e do seu receptor e na quantificacao do acido hialuonico e nas hialuroniam sintases nas glandulas lacrimais de camundongos femea

Efeitos da hiperprolactinemia na expressao genica de prolactina e do seu receptor e na quantificacao do acido hialuonico e nas hialuroniam sintases nas glandulas lacrimais de camundongos femea

Título alternativo Effects of hyperprolactinemia on genic expression of prolactin and prolactin receptor and hyaluronic acid in the murine lacrimal gland of female mice
Autor Verna, Carina Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo OBJETIVO: Analisar a expressao do gene de prolactina e seu receptor e quantificar o acido hialuronico e as hialuronam sintases (HAS) nas glandulas lacrimais de camundongos femea hiperprolactinemicos. MATERIAIS E METODOS: 20 camundongos femea, adultos, virgens, com 100 dias de idade foram divididos aleatoriamente em dois grupos com 10 animais cada, a saber: controle (Ctr) u tratado com solucao salina; e experimental (Exp) u tratado com metoclopramida (6,7 μg/g, por animal). Ambos os tratamentos foram administrados, por via subcutanea (0,2 ml) durante 50 dias consecutivos. No 50º dia, uma hora apos a ultima injecao, foi colhido esfregaco vaginal para identificar a fase do ciclo estral, em seguida, os animais que se encontravam na fase de proestro foram eutanasiados por aprofundamento anestesico e as glandulas lacrimais (direita e esquerda) de cada animal removidas. A glandula direita foi mergulhada em formaldeido a 10% (tampao fosfato) para processamento imunoistoquimico e a glandula lacrimal esquerda foi dividida em dois fragmentos: a) um mergulhado em acetona para processo bioquimico de extracao e quantificacao do acido hialuronico por metodo fluorimetrico de ensaio ELISA-like; b) outro colocado em nitrogenio liquido para processamento e analise da expressao do gene de prolactina e de seu receptor pelo metodo de Reacao de Polimerase em Cadeia em Tempo Real (PCR em tempo real). Os dados obtidos foram avaliados pelo teste estatistico Mann- Whitney (p ≤ 0,05). RESULTADOS: Observou-se pelas analises efetuadas, diminuicao significativa do acido hialuronico, sendo identificadas pela imunoistoquimica, as tres hialuronam sintases (HAS1, HAS2 e HAS3), com diminuicao da HAS1 e da HAS2. As analises do PCR emtempo real revelaram aumento consideravel da expressao genica de prolactina e de seureceptor nos animais com hiperprolactinemia em relacao ao grupo controle. CONCLUSOES: Os resultados mostraram que a hiperprolactinemia induzida pela metoclopramida aumentou a expressao genica de prolactina e de seu receptor, assim como a diminuicao na quantidade de acido hialuronico total nas glandulas lacrimais de camundongos femea. No entanto, a presenca dos tres tipos de hialuronam sintase nas glandulas lacrimais de camundongos femea hiperprolactinemicos, com atividades distintas, provavelmente induz a producao de diferentes tipos de acido hialuronico, mas seu significado biologico necessita de mais investigacoes.
Assunto Animais
Prolactina
Metoclopramida
Ácido Hialurônico
Aparelho Lacrimal
Expressão Gênica
Camundongos
Animais
Idioma Português
Data 2012
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2012. 52 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 52 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22387

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)