Avaliacao da qualidade de vida e fatores que influenciam na aderencia de pacientes encaminhados para programa de cateterismo intermitente limpo

Avaliacao da qualidade de vida e fatores que influenciam na aderencia de pacientes encaminhados para programa de cateterismo intermitente limpo

Título alternativo Assessment of quality of life and factors that influence the adherence of patients referred for program of clean intermittent catheterization
Autor Azevedo, Marcia Eli Girotti de Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: Avaliar as variaveis &#8203;&#8203;que poderiam explicar a adesao do paciente para limpar Cateterismo Auto intermitente (CISC). Material e Metodos: Os pacientes encaminhados para treinamento CISC foram avaliados por meio de urologica e do passado historico medico, estudo urodinamico, 3 diario bexiga dia e WHOQOL-breve. Depois de ser treinado, os pacientes foram avaliados em duas semanas e mensais por 6 meses, por meio de avaliacao clinica e tres diario bexiga dias. Os pacientes foram considerados aderentes ao programa se estivessem realizando, pelo menos, 80% da recomendacao inicial. Resultados: Sessenta (60) pacientes com idade media de 50,4 ± 19,9 anos de idade foram treinados para executar CISC (21 feminino e 39 masculino). Dos 60 pacientes, 30 (50%) apresentaram disfuncao miccional neurogenica. No geral, 37 pacientes (61,7%) aderiram ao programa. Observou-se que quanto mais jovem o paciente, maior adesao a. Pacientes <40 y.o. teve uma taxa de aderencia de 86%. Mulheres e pacientes neurogenicos teve uma maior taxa de adesao do que os seus homologos (p = 0,024 e p = 0,016, respectivamente). Escolaridade, estado civil, pressao de perda do detrusor, capacidade vesical, numero de episodios de vazamento nao tinha um papel importante na taxa de adesao. Os pacientes que aderem ao programa teve uma pontuacao significativamente maior no psicologico e social dominio relacoes. Conclusao: Os pacientes indicados para o programa CISC mostrou uma taxa de adesao global de 61,7%. Mulheres, disfuncao miccional neurogenica e pacientes com menos de 40 anos de idade foram significativamente mais aderente. Os dominios de relacionamento psicologico e social na qualidade de vida da OMS foram significativamente melhores marcou naqueles pacientes que aderiram
Palavra-chave Humanos
Micção
Cateterismo Urinário
Administração Intravesical
Bexiga Urinária
Infecções Urinárias
Humanos
Idioma Português
Data de publicação 2009
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2009. 50 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 50 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22376

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta