A gravidez reduz a reatividade da celula mesangial a angiotensina II

A gravidez reduz a reatividade da celula mesangial a angiotensina II

Título alternativo Pregnancy reduce reactivity of the angiotensin ii mesangial cells: evaluation of the possible mediators
Autor Carvalho, Lucimeire Nova de Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo A gravidez normal e caracterizada por vasodilatacao sistemica e intrarenal, com aumento do fluxo plasmatico renal (FPR), da filtracao glomerular (FG), apesar de uma hiperativacao do sistema renina angiotensina (SRA). O tonus da celula mesangial (CM) influencia diretamente o coeficiente de ultrafiltracao glomerular (Kf), e portanto, a FG. Foi observado previamente que, CM cultivadas de rins de ratas prenhes apresentaram uma relativa insensibilidade a Ang II, com menor aumento na concentracao do calcio intracelular ([Ca]i). O objetivo deste trabalho foi avaliar os possiveis mecanismos envolvidos na modulacao do tonus das CM em resposta a Ang II durante a gravidez, incluindo a relaxina (RLX) e seu receptor (RXFP1), o oxido nitrico (NO) e o receptor de angiotensina II(AT2). CM primarias foram cultivadas a partir dos rins de ratas virgens (V) e prenhes (P) de 14 dias. Apos a terceira passagem, as celulas foram tratadas com RLX (100ng/ml) ou com bloqueador do receptor AT2 PD123319 (10-6M) ou com inibidor da enzima do oxido nitrico sintase L-NAME (10-3M). Apos 24hs as celulas foram preparadas para medida do [Ca]i usando FURA 2-AM. Os efeitos foram avaliados antes e apos administracao de Ang II (10-7M). A expressao da RLX, do RXFP1 e do receptor AT2 foi estimada por PCR- RT e western blot. Os niveis de expressao das moleculas analisadas foram significantemente maiores em CM do grupo P comparando com o grupo V. Ang II induziu um aumento de 161% na [Ca]i do grupo V, enquanto que, o aumento no grupo P foi significantemente menor (87%, p<0,05). Celulas do grupo V tratadas previamente com RLX, apresentaram um comportamento similar as CM do grupo P, sugerindo que a RLX pode modular a reatividade a Ang II. O L-NAME e o PD123319 nao modificaram essa resposta. Esses resultados sugerem que a RLX e o mediador da menor reatividade das CM a Ang II e provavelmente participa na modulacao do tonus da celula contribuindo para manter a FG mesmo na vigencia de altos niveis de Ang II observado durante a gravidez
Palavra-chave Animais
Células Mesangiais
Relaxina
Angiotensina II
Receptores de Peptídeos
Gravidez
Cálcio
Vasodilatação
Óxido Nítrico
Ratos
Animais
Idioma Português
Data de publicação 2012
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2012. 68 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 68 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22370

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta