Sinovite cronica indolor versus dolorosa

Sinovite cronica indolor versus dolorosa

Título alternativo Painless versus painful chronic synovitis: Clinical, radiographic and ultrassonographic comparison in established rheumatoid arthritis
Autor Pereira, Daniele Freitas Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Introdução: O significado da sinovite cronica indolor em pacientes com artrite reumatoide (AR) ainda e desconhecido, tanto em relacao a fatores associados durante a evolucao pregressa de doenca, quanto a achados inflamatorios ultrassonograficos-US e, principalmente, quanto a capacidade de causar dano (erosao) articular. Objetivo: Comparar o edema articular indolor com o doloroso em AR segundo achados sinoviais US (escala de cinza e Power Doppler-PD), dano articular pregresso (US e radiografia), variaveis clinicas, laboratoriais e demograficas, em pacientes com AR estabelecida. Material e Metodos: Realizou-se um estudo de corte transversal, com 60 pacientes com AR (ACR), divididos em grupo Sem Dor (30 pacientes com sinovite sem dor nas metacarpofalangicas-MCFs ha mais de 6 meses) e grupo Com Dor (30 pacientes com sinovite e dor nas MCFs ha mais de 6 meses). Esses pacientes tiveram suas articulacoes radiocarpicas (RC), radioulnar distais (RUD) e 1ª a 5ª MCFs avaliadas bilateralmente por US (sinovite, PD, erosao e cartilagem articular) e por radiografia simples. Outros instrumentos de avaliacao foram utilizados, tais como escala visual analogica para dor e edema articular (0-10 cm); forca de preensao palmar e pinca digital; indices de atividade de doenca (DAS 28, SDAI); avaliacao funcional (questionarios HAQ e Cochin); e notificacao de caracteristicas clinicas e sorologicas, tanto pregressas, como atuais. A reprodutibilidade interobservador da avaliacao US foi analisada em 20% da amostra. Resultados: Para a maioria das variaveis analisadas, nao houve diferenca estatistica entre os grupos. Tabagismo e hipertensao arterial sistemica foram achados mais frequentes no grupo Com Dor (p=0,042 e 0,032, respectivamente). Nas variaveis pregressas de doenca, somente o uso de imunobiologico e o tempo de inicio dos sintomas ate o diagnostico de AR foi estatisticamente diferente entre os grupos, com maiores valores no grupo Com Dor (p= 0,045 e 0,028, respectivamente). Na avaliacao entre os grupos quanto a atividade de doenca, foram observados piores indices de DAS 28 e SDAI no grupo Com Dor (p<0,001). Na avaliacao funcional, o grupo Com Dor apresentou piores valores de HAQ, Cochin e forca de pinca (p<0,001-0,039). Quando realizada regressao logistica, o uso de imunobiologico aumentou em tres vezes a chance de pertencer ao grupo Com Dor (p=0,049). Na avaliacao dos pacientes pelo US, foram avaliados 1560 recessos articulares, no total da amostra. Desses, 498 (34,6%) recessos articulares apresentavam sinovite; 302 (21,0%) apresentavam captacao ao PD; 1.156 (74,1%) tinham erosao ossea e somente 10 recessos (5,5%) nao tinham algum dano cartilaginoso. Nao houve diferenca entre os grupos para a imensa maioria das variaveis avaliadas pela radiografia e pelo US. No entanto, houve piores escores no grupo Sem Dor, para as medidas de sinovite em: RUD (p=0,027), PD na RC (p=0,032), erosao na 1° MCF volar, 2° MCF volar e lateral, 5° MCF dorsal e RUD (p=0,004-0,049) e cartilagem na 2°, 3°, 4° MCF (p=0,007-0,047). Observou-se boa a moderada reprodutibilidade interobservador (k=0,435-1). Conclusao: Os pacientes com AR e edema articular cronico indolor apresentaram variaveis de evolucao pregressa de doenca e de avaliacao radiografica semelhantes aqueles com edema articular cronico doloroso. Apesar de muito semelhante entre os grupos, a avaliacao do US mostrou piores escores de dano articular (erosao e cartilagem), nos pacientes com edema articular sem dor
Palavra-chave Artrite Reumatoide
Sinovite
Dor
Ultrassonografia
Radiografia
Idioma Português
Data de publicação 2012
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2012. 109 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 109 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22351

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta