Avaliacao da cinetica das respostas metabolicas,cardiovasculares e da oxigenacao muscular periferica na transicao

Avaliacao da cinetica das respostas metabolicas,cardiovasculares e da oxigenacao muscular periferica na transicao

Título alternativo Evaluation of the kinetics response of metabolic, cardiovascular and peripheral muscle oxygenation at rest-exercise transition in the constant load test in patients with pulmonary arterial hypertension
Autor Barbosa, Priscila Boaventura Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Introdução: A hipertensao arterial pulmonar (HAP) e uma doenca associada a importante limitacao funcional, principalmente aos esforcos. A resistencia vascular pulmonar (RVP) elevada, resultante do maior tonus vascular pulmonar e do remodelamento estrutural do leito vascular, impoe ao ventriculo direito (VD) uma sobrecarga constante devido a pos-carga aumentada. Como consequencia a disfuncao do VD, ocorre uma inabilidade em aumentar o debito cardiaco para a demanda metabolica requerida. Estas alteracoes podem contribuir para a cinetica lentificada do consumo de oxigenio (VÆO2) na transicao repouso-exercicio em pacientes com HAP. Entretanto, a extracao muscular de oxigenio tambem pode influenciar na lentificacao da resposta metabolica, a medida que, estudos recentes indicam a presenca de disfuncao muscular, que poderia limitar a transferencia de O2 intramuscular nestes pacientes. Objetivo: Investigar se a cinetica lentificada do VÆO2 na transicao repouso-exercicio relaciona-se com a inabilidade em ofertar O2 a musculatura esqueletica, ou se tal fenomeno relacionar-se-ia com a inercia metabolica intra-muscular em pacientes com HAP. Metodos: Foram incluidos 14 pacientes com HAP confirmada pelo cateterismo cardiaco direito previo e 11 controles saudaveis, pareados pela idade. Avaliou-se as respostas cineticas na transicao repouso-exercicio em teste de exercicio cardiopulmonar (TECP) de carga constante (70% da carga maxima atingida no TECP incremental) em cicloergometro: (i) do VÆO2 pulmonar, (ii) da extracao tissular de O2, como estimada pela variacao na concentracao da deoxi-hemoglobina (_[deoxi-Hb+Mb]), mensurada pela espectroscopia de raios quasi infravermelhos - NIRS) no musculo vasto lateral, (iii) do debito cardiaco (DC) e frequencia cardiaca (FC) por cardioimpedancia eletrica transtoracica. Resultados: A cinetica do VÆO2 (&#61556;VÆO2= 62,7 s vs. 41,0 s) e da FC (t1/2= 61,2 s vs. 43,3 s) foram mais lentas nos individuos com HAP em comparacao aos controles, respectivamente. O t1/2 do DC correlacionou-se com a &#61556;VÆO2 (R=0,66; p<0,05). Observou-se a presenca de overshoot no sinal da _[deoxi-Hb+Mb] em 8/14 pacientes e 4/11 controles, com maior area e amplitude, e cinetica lentificada (componente secundario) na HAP (p<0,05). Naqueles sem overshoot, a cinetica da _[deoxi-Hb+Mb] foi mais rapida em relacao ao VÆO2 nos pacientes quando comparada aos controles (&#61556;VÆO2/MRT_[deoxi-Hb+Mb]p= 3,2±0,6 s vs. 2,5±0,8 s;p=0,05). Conclusao: A cinetica lentificada do VÆO2 na transicao repouso-exerciciode alta intensidade demonstra o prejuizo do ajuste metabolico aerobico empacientes com HAP. A lentificacao da FC, a correlacao entre _VÆO2 e o DC, a presenca de overshoot (com cinetica mais lenta do componente secundario da _[deoxi-Hb+Mb] e a sua area mais ampla) e, quando ausente tal fenomeno, a cinetica rapida da _[deoxi-Hb+Mb] em relacao ao VÆO2, indicam que o atraso na cinetica do VÆO2 relaciona-se com a inabilidade em ofertar O2 a musculatura periferica em pacientes com HAP
Palavra-chave Hipertensão Pulmonar
Exercício
Cinética
Oxigenação
Músculos
Idioma Português
Data de publicação 2010
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2010. 95 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 95 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22345

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta