Estudo da morfologia e complacencia da cabeca do nervo optico em pacientes com glaucoma

Estudo da morfologia e complacencia da cabeca do nervo optico em pacientes com glaucoma

Título alternativo Evaluation of optic nerve head morphology and compliance in glaucomatous patients: association with corneal biomechanical properties and other ocular and systemic factors
Autor Prata, Tiago dos Santos Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: Estudar a morfologia e a complacencia, mudanca da topografia decorrente da variacao da pressao intraocular (PIO), da cabeca do nervo optico (CNO) em pacientes com glaucoma primario de angulo aberto (GPAA), e investigar possiveis associacoes com propriedades biomecanicas da cornea e demais fatores oculares e sistemicos. Metodos: Foi conduzido um estudo clinico prospectivo. Quarenta e quatro pacientes com GPAA recem-diagnosticados (sem tratamento; PIO > 21 mmHg), com ou sem diabetes mellitus (DM), foram recrutados prospectivamente. Foram coletadas informacoes sistemicas e oculares, incluindo espessura corneal central (ECC) e histerese corneal (HC). Em uma primeira etapa, todos os pacientes foram submetidos a tonometria (Goldmann) e oftalmoscopia confocal de varredura a laser (HRT, Heidelberg Retina Tomograph; tres medidas por olho). Em uma segunda etapa (no mesmo dia), os pacientes foram submetidos a reducao farmacologica da PIO, e os exames iniciais foram repetidos apos 1 hora. Exames de baixa qualidade nao foram considerados para analise. Baseados nos dados da primeira etapa foram investigadas: diferencas de HC entre pacientes com e sem DM (74 olhos de 44 pacientes); a reprodutibilidade (teste-reteste) dos parametros topograficos do HRT (32 olhos de 32 pacientes); a associacao entre HC e caracteristicas morfologicas da CNO (42 olhos de 42 pacientes). Baseados nos dados da segunda etapa foram investigados fatores oculares e sistemicos (com enfase na HC e presenca de DM) associados as mudancas na topografia da CNO apos a reducao da PIO (42 olhos de 42 pacientes). Resultados: Comparando a HC entre pacientes com e sem DM, encontramos valores significativamente maiores em olhos de pacientes diabeticos (9,1±1,9 mmHg vs 7,8±1,7 mmHg; p=0,04). Dentre os parametros do HRT avaliados, a area da rima e a profundidade media da escavacao apresentaram os melhores valores de repetibilidade. A razao escavacao/disco vertical, baseada na analise de estereofotografia, foi significativamente associada (R2=0,21, p<0,01) com a variabilidade teste-reteste. Em relacao a associacao entre HC e caracteristicas morfologicas da CNO, identificamos uma associacao significativa com a profundidade media da escavacao (r=-0,34, p=0,03) e com a razao escavacao/disco (r=-0,41, p=0,01). Por fim, apos uma reducao media da PIO de 47,3±11,9%, foram observadas mudancas significativas na area e volume da escavacao, bem como na area e volume da rima neural (p<0,01). A analise de regressao multipla (controlando para a PIO basal e magnitude de reducao da PIO) revelou que a HC (R2=0,17, p<0,01) e a presenca de DM (R2 0,21, p<0,01) estavam negativamente correlacionados ao grau de mudancas nos parametros da CNO, enquanto o tamanho da razao escavacao/disco estava positivamente correlacionada (R2=0,30, p 0,01). Idade, raca, area do disco e ECC nao foram significantes nesse modelo (p 0,12). Considerando todos os fatores significantes em um modelo multivariado, apenas a presenca de diabetes permaneceu significativa (p 0,01). Conclusoes: Todos os parametros do HRT avaliados apresentaram boa repetibilidade, sugerindo que esse aparelho e adequado para o tipo de estudo que desenvolvemos. Em pacientes com GPAA recem-diagnosticados, aqueles com DM apresentaram maiores valores de HC, independente dos valores de ECC ou idade. Olhos com valores maiores de HC apresentaram escavacoes (razao escavacao/disco) menores e menos profundas no momento do diagnostico, independente da PIO e do tamanho do disco optico. Finalmente, identificamos que diferentes fatores sistemicos e oculares, tais como HC, tamanho relativo da escavacao e principalmente a presenca de DM, parecem influenciar a complacencia da CNO em olhos com glaucoma
Assunto Glaucoma
Pressão Intraocular
Disco Óptico
Diabetes Mellitus
Idioma Português
Data 2011
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2011. 57 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 57 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22329

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)