Burn Sexuality Questionnaire - tradução para a língua portuguesa, adaptação cultural e validação: BurnSexQ-EPM/Unifesp

Burn Sexuality Questionnaire - tradução para a língua portuguesa, adaptação cultural e validação: BurnSexQ-EPM/Unifesp

Título alternativo Burn Sexuality Questionnaire - translation, cultural adaptation and validation into Brazilian Portuguese: BurnSexQ-EPM/Unifesp
Autor Piccolo, Monica Sarto Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Gragnani, Alfredo Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Cirurgia translacional - São Paulo
Resumo Introdução: Na avaliacao da qualidade de vida de vitimas de queimadura, instrumentos confiaveis sao essenciais. Uma extensa revisao de literatura revelou que a atencao a sexualidade de pacientes com queimadura, raramente e foco desses estudos. O Burn Sexuality Questionnaire (BSQ), instrumento especifico, e unico em avaliar a sexualidade no contexto da qualidade de vida da vitima de queimadura. Constituido de 24 itens, 17 avaliam o comportamento do queimado quanto a imagem corporal e conforto social. OBJETIVOS: Traduzir o BSQ para a lingua portuguesa, adapta-lo culturalmente no Brasil e testar a reprodutibilidade, confiabilidade e validade de face conteudo e de construto. METODOS: Seguindo metodologia de GUILLEMIN, BOMBARDIER, BEATON (1993), o questionario foi traduzido para o portugues, adaptado culturalmente e testado em relacao a reprodutibilidade, validade de face, conteudo e construto. A versao traduzida foi aplicada em 80 pacientes brasileiros, sobreviventes de queimadura. RESULTADOS: A consistencia interna foi testada pelo alfa de Cronbach (0,87). A correlacao linear de Person foi significativa nos tres momentos das entrevistas na analise da reprodutibilidade. Realizou-se a validacao de construto correlacionando o BSQ com o questionario Burn Specific Health Scale-Revised (BSHS-R). Observou-se correlacao significativa entre o dominio Conforto Social do BSQ com os dominios Afeto e Imagem Corporal (p=0,025), Habilidades para Funcoes Simples (p=0,008), Trabalho (p=0,016) e Tratamento (p=0,037) do questionario BSHS-R. Este instrumento foi denominado BurnSexQ-EPM/UNIFESP. CONCLUSAO: O BSQ foi traduzido para o portugues e adaptado culturalmente no Brasil. E instrumento reprodutivel, apresenta validade global de face, de conteudo e validade de construto para o dominio Conforto Social

INTRODUCTION: In measuring the quality of life of burn victims, it is essential that we find reliable and valid means. An extensive literature review reveals that sexuality concerns of patient with burns are rarely a focus. The Burn Sexuality Questionnaire (BSQ) is a specific instrument; the only to assess sexuality in the context of burn victim quality of life. It is a 24-item questionnaire, which 17 of then assesses behavioral components of body image and social comfort among burn survivors. OBJECTIVE: The aim of this study is to translate and culturally adapt the BSQ into Brazilian Portuguese, assess reliability, face, content and construct validity. METHODS: After translation and cultural adaptation, we tested the final version for reliability and for face, content and construct validities, according to standard procedures. The Portuguese version was applied to 80 Brazilians burn survivors. RESULTS: Internal consistency was determined by calculating Cronbach’s alpha. Total Cronbach’s alpha was 0.87. Pearson’s correlation was significant between scores for different time points. Construct validity was demonstrated with the correlation of the BSQ with Burn Specific Health Scale-Revised (BSHS-R) questionnaire. It showed significant correlation between the BSQ social comfort domain and the BSHS-R affect and body image (p=0.025), simple function ability (p=0.008), work (p=0.016), and treatment (p=0.037) domains. It was denominated BurnSexQEPM/UNIFESP. CONCLUSIONS: The BSQ was translated and cultural adapted into Brazilian Portuguese. It is a reliable tool with global face and content validity; and it has construct validity for the social comfort domain. KEY WORDS: Health questionnaires, Outcome measures, Burn, Sexuality, Cross-Cultural Adaptation.
Palavra-chave Queimaduras/psicologia
Cicatriz
Comportamento Sexual
Autoimagem
Reprodutibilidade dos Testes
Tradução
Idioma Português
Data de publicação 2012
Publicado em PICCOLO, Monica Sarto. Burn Sexuality Questionnaire - tradução para a língua portuguesa, adaptação cultural e validação: BurnSexQ-EPM/Unifesp. 2012. 178 f. Dissertação (Mestrado em Ciências) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, 2012.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 178 f.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22308

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Publico-22308.pdf
Tamanho: 2.688MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta