Lesao de DNA no sangue periferico de pacientes com hepatite C cronica

Lesao de DNA no sangue periferico de pacientes com hepatite C cronica

Título alternativo Titulo em ingles: DNA damage in peripheral blood of patients with chronic hepatitis C: correlation between laboratory and histopathological parameters
Autor Sakae, Patricia Naomi Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Nas doencas cronicas do figado de diferentes etiologias, inclusive hepatites virais, efeito genotoxico por estresse oxidativo tem sido demonstrado, seja em condicoes clinicas ou experimentais, sugerindo que este mecanismo possa contribuir para evolucao da doenca. Objetivo: Neste estudo, avaliamos o dano de DNA no sangue periferico de pacientes com hepatite C cronica, genotipo 1, nao tratados e individuos controles, e correlacionamos com parametros demograficos, antropometricos, laboratoriais e histopatologicos na amostra de pacientes. Metodos: A amostra foi constituida por 100 individuos de ambos os generos, sendo 60 pacientes com sorologia positiva para hepatite C, sem tratamento previo e 40 individuos controles com sorologia negativa para hepatites, pareados por genero, idade, peso e IMC. Amostras de sangue foram coletadas para determinacao de lesao de DNA por Ensaio do Cometa e por dosagem de 8-OHdG plasmatico por teste de ELISA. Foram realizadas correlacoes entre lesao de DNA e dados demograficos, antropometricos, exames laboratoriais e histopatologicos. Resultados: A dosagem de 8-OHdG no plasma nao mostrou diferenca entre os grupos analisados. A determinacao da lesao de DNA pelo Ensaio do Cometa mostrou valores mais elevados no grupo de pacientes com hepatite em relacao ao grupo controle. A analise multivariada de correlacao do Ensaio do Cometa com os diferentes parametros avaliados, mostrou correlacao significante com insulina (r = 0,343; p = 0,008) e indice HOMA-IR (r = 0,331; p = 0,011). Conclusao: Pacientes com hepatite C cronica, genotipo 1, apresentam indices mais elevados de lesao DNA determinados pelo Ensaio do Cometa e esta alteracao correlacionou-se com o indice homeostatico de resistencia insulinica (HOMA-IR)
Palavra-chave Hepatite C Crônica
Dano ao DNA
Estresse Oxidativo
Resistência à Insulina
Ensaio Cometa
Idioma Português
Data de publicação 2012
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2012. 65 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 65 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22294

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta