Intervalos de referencia para a distancia das fissuras cerebrais fetais a tabua ossea interna craniana por meio da ultrassonografia tridimensional

Show simple item record

dc.contributor.author Alves, Cynthia Maria Soares [UNIFESP]
dc.date.accessioned 2015-12-06T23:45:38Z
dc.date.available 2015-12-06T23:45:38Z
dc.date.issued 2012
dc.identifier.citation São Paulo: [s.n.], 2012. 104 p.
dc.identifier.uri http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22284
dc.description.abstract Objetivo: Determinar intervalos de referencias da medida das fissuras cerebrais fetais por meio da ultrassonografia tridimensional no modo multiplanar e avaliar a confiabilidade/concordancia destas medidas. Metodos: Realizou-se um estudo do tipo corte transversal com 393 gestantes normais entre 22 - 33 semanas e 6 dias. Avaliou-se a distancia entre a tabua ossea interna da calota craniana fetal e as fissuras de Sylvius, parieto-occipital, do hipocampo e calcarina. Para a obtencao desta distancia, para as tres primeiras fissuras, realizou-se uma varredura tridimensional atraves do plano axial (nivel dos ventriculos laterais). Para a obtencao da distancia da fissura calcarina, utilizou-se uma varredura coronal (nivel dos lobos occiptais). Para se avaliar a correlacao entre as fissuras e a idade gestacional, foram realizadas regressoes polinomiais, com ajustes pelo coeficiente de determinacao (R2). A confiabilidade foi determinada pelos coeficientes de correlacao intraclasse (CCI) e a concordancia atraves dos limites de concordancia. Resultados: A media das fissuras de Sylvius, parieto-occipital, do hipocampo e calcarina foi de 10,42 ± 2,28 mm; 22,38 ± 3,23 mm; 24,88 ± 4,67 mm e 21,19 ± 2,73 mm, respectivamente. As medias das fissuras se mostraram correlacionadas com a idade gestacional, sendo o melhor ajuste com a equacao linear, sendo o R2 de 0,582; 0,627; 0,860 e 0,383; para a Sylvius, parietooccipital, do hipocampo e calcarina, respectivamente. A analise de confiabilidade mostrou CCIs de 0,90-0,95 e 0,85-0,97, intra e interobservador, respectivamente. Os limites de concordancia ficaram entre -1,33 mm a 1,31 mm ate -2,38 mm a 2,28 mm para avaliacao intraobservador e entre -1,60 mm a 2,57 mm ate -3,51 mm a 2,73 mm para o interobservador. Conclusoes: Intervalos de referencia foram descritos por meio da ultrassonografia tridimensional entre 22 - 33 semanas e 6 dias com confiabilidade/concordancia aceitaveis pt
dc.format.extent 104 p.
dc.language.iso por
dc.publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rights Acesso restrito
dc.subject Humanos pt
dc.subject Feminino pt
dc.subject Cérebro/embriologia pt
dc.subject Pontos de Referência Anatômicos pt
dc.subject Imagem Tridimensional pt
dc.subject Ultrassonografia Pré-Natal pt
dc.subject Gestantes pt
dc.title Intervalos de referencia para a distancia das fissuras cerebrais fetais a tabua ossea interna craniana por meio da ultrassonografia tridimensional pt
dc.title.alternative Reference ranges to the distance of the fetal cerebral fissures from the inner edge of the skull by three-dimensional ultrasonography en
dc.type Tese de doutorado
dc.identifier.file epm-2121714410664.pdf
dc.description.source BV UNIFESP: Teses e dissertações
unifesp.campus Universidade Federal de São Paulo, Escola Paulista de Medicina, Programa de Pós-graduação em Obstetricia pt
dc.subject.decs Humanos pt
dc.subject.decs Feminino pt



File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search


Browse

Statistics

My Account