O impacto da danca de salao e da ginastica aerobica nos niveis de qualidade de vida de pacientes portadores de hipertensao arterial

O impacto da danca de salao e da ginastica aerobica nos niveis de qualidade de vida de pacientes portadores de hipertensao arterial

Título alternativo The impact of ballroom dance and aerobic gymnastic in the levels of quality of life of patients with hypertension
Autor Tsunematsu, Patricia Aparecida Barbosa Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo A danca de salao (DS) e a ginastica aerobica (GA) sao modalidades de exercicio fisico que podem ser aplicadas como estrategia no tratamento nao medicamentoso de portadores de Hipertensao Arterial (HA). Objetivo: Avaliar o impacto da DS e da GA nos niveis de Qualidade de Vida (QV) de pacientes hipertensos. Metodo: Realizou-se um estudo prospectivo transversal do tipo caso controle. Foram acompanhados 70 pacientes hipertensos, avaliou-se a QV, os sintomas de ansiedade e os sintomas de depressao desta amostra, antes e apos a realizacao de seis meses de aulas de DS ou GA. Instrumentos: ABEP u Criterio Padrao de Classificacao Economica; Questionario de Qualidade de Vida - SF-36; Inventario de Ansiedade u Beck u (BAI) e Inventario de Depressao - Beck u (BDI). Criterios de inclusao: Pacientes com diagnostico de HA em estagio I e II. Idade: 18 a 65 anos. Ambos os sexos. Criterios de exclusao: pacientes que estivessem recebendo ou que receberam assistencia psicologica, no ultimo ano; pacientes portadores de defiCiências fisicas ou outras doencas cronicas que nao permitam realizar atividade fisica. Portadores de amaurose, gestantes, pacientes com IMC acima de 34,9; pacientes hipertensos em estagio III. Local: Ambulatorio de Hipertensao da Universidade Federal de São Paulo - Escola Paulista de Medicina. Resultados: A analise estatistica indicou aumento nos niveis de QV dos participantes nos seguintes dominios: capacidade funcional (CF), aspectos fisicos (AF), estado geral de Saúde (EGS), vitalidade (V), aspectos sociais (AS) e aspectos emocionais (AE) para o grupo DS e melhora nos dominios: CF, AF, AS, Saúde mental (SM) para o grupo GA. Pudemos observar que os niveis de depressao nao apresentaram diferencas estatisticamente significantes p=0,249 na 1ª avaliacao e p= 0,347 na re-avaliacao. Quanto aos niveis de ansiedade, ambos os grupos apresentaram o mesmo perfil na 1ª avaliacao p=0,072, porem na 2ª, o grupo DS apresentou maiores niveis que o grupo G p=0,038. Entretanto, em ambos os grupos, ao compararmos as avaliacoes, apos os seis meses de aulas, observamos um aumento de participantes nos niveis minimo e leve. Conclusoes: O conjunto de dados obtidos permite-nos constatar que tanto a DS quanto a GA colaboraram para o aumento dos niveis de QV dos participantes, diminuindo a intensidade dos niveis de ansiedade e depressao
Palavra-chave Qualidade de Vida
Terapia através da Dança
Hipertensão/terapia
Depressão
Ansiedade
Idioma Português
Data de publicação 2012
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2012. 87 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 87 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22251

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta