Estímulo nociceptivo inflamatório nos primeiros dias de vida e resposta a dor e comportamento de ratos adultos

Estímulo nociceptivo inflamatório nos primeiros dias de vida e resposta a dor e comportamento de ratos adultos

Título alternativo Nociceptive inflammatory stimulus in first days of life and behavioir of adult rats
Autor Urini, Aline Negrigo Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Guinsburg, Ruth Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Pediatria e Ciências Aplicadas à Pediatria – São Paulo
Resumo Recem-nascidos prematuros sao rotineiramente expostos a procedimentos invasivos durante os cuidados intensivos no periodo neonatal. Os efeitos a longo-prazo da dor durante o periodo critico de desenvolvimento do sistema nervoso central podem alterar o comportamento na fase adulta. O objetivo de nosso estudo foi verificar os efeitos da dor persistente, desencadeada por estimulo inflamatorio em diferentes idades da vida pos-natal precoce sobre o desempenho em testes comportamentais na vida adulta. Para isso, 98 ratos Wistar foram divididos em 4 grupos: N1 (n=19), N8 (n=26), N21(n=31) e controle (n=22), subdivididos em machos e femeas.Os ratos receberam uma injecao (25&#956;) do adjuvante completo de Freund (ACF) na face plantar da pata traseira direita no primeiro, oitavo ou 21º dia de vida (P1, P8 ou P21). Todos os animais receberam o mesmo tratamento, com separacao da mae e sexagem realizadas no P21. O grupo controle nao foi manipulado ate a realizacao dos testes comportamentais, aplicados entre P50 e P54. Foram avaliados o limiar termico nociceptivo por meio do teste da placa quente, a capacidade exploratoria dos animais com o teste de campo aberto e o desempenho emocional, com o teste de ansiedade por meio do labirinto em cruz elevada. A latencia nociceptiva apresentou-se maior em todos os grupos estimulados (ANOVA: p<0,001), ou seja, os grupos N1, N8 e N21 apresentaram hipoalgesia, com destaque para as femeas dos grupos N1e N8. Com relacao a capacidade exploratoria no teste de campo aberto, houve melhor desempenho das femeas do grupo N1 (ANOVA: p<0,001) e, quanto ao teste de ansiedade, mais uma vez femeas do grupo N1 mostraram-se menos ansiosas, com maior permanencia nos bracos abertos do labirinto (p=0,02). Pode-se concluir que o estimulo nociceptivo inflamatorio nos primeiros dias de vida pode repercutir na resposta de tolerancia a dor e no desempenho comportamental de animais adultos, sendo tais respostas diversas de acordo com o sexo

Premature newborns are routinely exposed to invasive procedures during the neonatal intensive care. The effects of long-term exposure to pain during the critical period of central nervous system development may affect behavior in adulthood. The aim of our study was to investigate the effects of persistent pain, triggered by a chronic inflammatory stimulus in different ages of early postnatal life of rats, on performance in behavioral tests in adulthood. In order to achieve this goal, 98 Wistar rats were divided in 4 groups: N1 (n=19), N8 (n=26), N21 (n=31) and control (n=22). All groups had male and female animals. The rats received an injection (25μ) of Complete Freund´s Adjuvant on the plantar surface of right hind pawn in post-natal days (P) one (N1 group), eight (N8) or 21 (N21). Control animals were not handled. All animals received the same treatment, being separated from their mothers at P21. Behavioral tests were applied between P50 and P54. Thermal nociceptive threshold and thermal tolerance was evaluated by the Hot Plate Test. Exploratory Capability was evaluated by the Open Field Test and anxiety, by the Elevated Plus Maze. The latency to pain was higher in the stimulated groups (ANOVA: p<0,001); the N1, N8 and N21 groups showed hypoalgesia, especially the N1 and N8 female groups. Regarding the exploration of the open field, a better performance of N1 females group was noted (ANOVA: p<0,001). The Elevated Plus Maze showed that N1 female group were less anxious, with a longer length of stay in the open arms of the maze (p=0. 02). It can be conclude that the inflammatory nociceptive stimulus in early life may of rats influence their response to thermal nociceptive tolerance and modify their behavioral performance as adults. The responses varied according to sex.
Palavra-chave Animais
Dor
Comportamento
Ratos
Animais
Idioma Português
Data de publicação 2012
Publicado em URINI, Aline Negrigo. Estímulo nociceptivo inflamatório nos primeiros dias de vida e resposta à dor e comportamento de ratos adultos. 2012. 76 f. Dissertação (Mestrado em Ciências) – Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo. São Paulo, 2012.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 64 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22241

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Tese-13349.pdf
Tamanho: 699.1KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta