Relacao das concentracoes de selenio plasmatico, cobre serico e atividade da enzima superoxido dismutase eritrocitaria com perfil lipidico de escolares infectados pelo HIV

Relacao das concentracoes de selenio plasmatico, cobre serico e atividade da enzima superoxido dismutase eritrocitaria com perfil lipidico de escolares infectados pelo HIV

Título alternativo Titulo em ingles: Relation of plasma selenium levels, serum copper and enzymatic activity of erythrocyte superoxide dismutase with lipid profile in HIV infected children
Autor Pugliese, Camila Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: Avaliar o estado nutricional de selenio, cobre e atividade da superoxido dismutase em escolares infectados pelo HIV e controles HIV negativos. Metodos: Estudo transversal avaliou escolares pre-puberes infectados pelo HIV (n=51) em acompanhamento interdisciplinar e seus respectivos irmaos saudaveis nao infectados pelo HIV (n=32). Avaliou-se o estado nutricional de selenio, cobre e atividade da superoxido dismutase eritrocitaria, segundo parametros dieteticos, clinicos e bioquimicos. Resultados: Criancas infectadas pelo HIV apresentaram menores valores de escore z de estatura para idade quando comparados ao grupo controle HIV negativo (p=0,0006), sendo tambem encontrado maior prevalencia de baixa estatura (11.8%) (p=0.047). No grupo dos pacientes infectados pelo HIV, verificou-se menor valor medio de selenio plasmatico (p=0.0006), sem diferenca significante na prevalencia de defiCiência deste oligoelemento (96% x 84.4%; p= 0.078). O valor medio de cobre serico foi maior no grupo infectado pelo HIV (p=0.019), alem de menor prevalencia de pacientes com defiCiência de cobre serico (p=00042). No grupo de criancas infectadas pelo HIV, as correlacoes mostraram associacao inversamente proporcional entre selenio plasmatico e o consumo de acidos graxos trans dietetico (r= -0.34; p=0.015). Conclusao: As criancas infectadas pelo HIV apresentam inadequado estado nutricional de selenio e de cobre, que pode influenciar na progressao da doenca pelo HIV. O estado nutricional de micronutrientes poderia auxiliar para a melhoria do quadro clinico dos pacientes infectados pelo HIV, diminuindo as repercussoes clinicas da doenca
Palavra-chave Humanos
HIV
Criança
Selênio
Cobre
Superóxido Dismutase
Dislipidemias
Humanos
Idioma Português
Data de publicação 2011
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2011. 135 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 135 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22236

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta