Acurácia da Monitorização Portátil Domiciliar para diagnóstico da Apneia Obstrutiva do Sono em idosos

Acurácia da Monitorização Portátil Domiciliar para diagnóstico da Apneia Obstrutiva do Sono em idosos

Título alternativo Effectiveness of a Portable monitoring for diagnosis of Obstructive Sleep Apnea Syndrome in the elderly
Autor Polese, Jéssica Fabia Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Bittencourt, Lia Rita Azeredo Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Psicobiologia – São Paulo
Resumo Introdução: A monitorizacao portatil (MP), realizada no domicilio do paciente, sem acompanhamento tecnico, e alternativa a polissonografia (PSG) de noite inteira para diagnostico de Sindrome da Apneia Obstrutiva do Sono (SAOS), em adultos, sem comorbidades. Porem, nao existem estudos validando o uso desses equipamentos nos idosos. Objetivo: Avaliar a acuracia de um MP em idosos, com alta probabilidade clinica para o diagnostico da SAOS, comparando com a PSG. Metodos: Foram selecionados pacientes consecutivos, com idade acima de 65 anos e suspeita de SAOS. Os pacientes foram submetidos a duas noites de avaliacao, com ordem definida aleatoriamente: 1- MP usado em casa (MPcasa), 2- MP usado simultaneamente com PSG no laboratorio do sono (MP+PSG). Foram obtidos tres diferentes valores de indice de apneia-hipopneia (IAH): 1- IAH da PSG (IAH PSG), 2- IAH do registro MP casa (IAH MPcasa) e 3- IAH do registro MP+PSG (IAH MP+PSG). As analises foram realizadas por dois tecnicos que analisaram, cada um, somente um tipo de registro e desconheciam a ordem dos registros. Resultados: Foram avaliados 43 pacientes (46% homens; idade media = 70±5 anos; indice de massa corporal medio = 30,3 kg/m2). Nao houve diferenca entre os valores do IAH quando comparados os diferentes registros (p>0,05). Houve boa correlacao entre o IAH da PSG com o IAH do MPcasa (r=0,67; p<0,0001) e com o IAH do MP+PSG (r=0,84; p<0,0001). A analise da area sob a curva ROC foi superior a 0,83 e observamos boa sensibilidade e valor preditivo positivo para o IAH do MP em todas comparacoes, nos pontos de corte de 5, 15 e 30, e boa especificidade e valor preditivo negativo para valores de IAH acima de 15. A concordancia foi maior quando os registros foram realizados simultaneamente. observada perda completa dos dados em 10,5% dos registros. As perda de registro foram 11,6%, 9,3%, respectivamente para os grupos MP+PSG e MP casa.Conclusao: O MP foi acurado para diagnostico da SAOS nos idosos com alta probabilidade clinica, podendo ser empregado nessa populacao como alternativa a PSG, com perda de registro semelhante a encontrado na literatura
Palavra-chave Humanos
Idoso
Monitoramento
Envelhecimento
Polissonografia
Apneia do Sono Tipo Obstrutiva
Humanos
Idoso
Idioma Português
Financiador Associação Fundo de Incentivo à Psicofarmacologia (AFIP)
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPID)
Data de publicação 2012
Publicado em Polese, Jéssica Fabia. Acurácia da Monitorização Portátil Domiciliar para diagnóstico da Apneia Obstrutiva do Sono em idosos. 2012. 101 f. Dissertação (Mestrado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo. São Paulo, 2012.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 101 p.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22215

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Tese-13438.pdf
Tamanho: 8.527MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta