Histomorfometria do coracao de ratas tratadas com isoflavonas ou estrogenios

Histomorfometria do coracao de ratas tratadas com isoflavonas ou estrogenios

Título alternativo Histomorphometry of heart of rats treated with isoflavones or estrogens
Autor Cabanelas, Luciana Alecio Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Introdução: As doencas cardiovasculares sao mais prevalentes em mulheres na menopausa do que em mulheres na menacme. A terapia de reposicao hormonal esta associada com a reducao das doencas cardiovasculares na pos - menopausa, contudo, essa nem sempre e possivel devido as suas contraindicacoes. Os fitoestrogenos possuem estrutura e funcionalidade semelhante ao 17&#946;-estradiol oferecendo efeitos no sistema cardiovascular que mimetizam sua acao, sendo uma alternativa de tratamento. Objetivos: Avaliar o efeito do extrato concentrado de soja ou dos estrogenios no coracao de ratas. Metodos: Foram utilizadas 20 ratas adultas (Rattus norvegicus albinus) submetidas a ooforectomia bilateral divididas em quatro grupos, a saber: GCtrl - 5 animais ooforectomizados tratados com propilenoglicol (0,2 ml por dia, por gavagem); GIso u 5 animais ooforectomizados tratados com extrato de soja, (150mg/kg, por dia, por gavagem); GEst - 5 animais ooforectomizados tratados estrogenios (10 &#956;g/Kg, por dia, via subcutanea);GSham u 5 animais submetidos ao mesmo procedimento cirurgico sem a retirada dos ovarios. As drogas e o veiculo foram administrados durante 30 dias consecutivos. Apos o periodo experimental os animais foram eutanasiados, o coracao retirado e fixado em formaldeido a 10%. O material foi submetido ao processamento histologico, e cortes histologicos com 5 &#956;m foram corados pela hematoxilina e eosina, picrosirius red e tricromio de masson. As analises morfometricas, contagem e o volume dos nucleos e a determinacao do colageno foram realizadas com o auxilio de microscopio de luz adaptado a camera de alta resolucao cujas imagens foram transmitidas a um computador com software AxioVision Rel 4.2 (Carl Zeiss) e IMAGELAB 2000®. Os dados obtidos foram submetidos ao teste de Anova complementado pelo teste de contrastes de Tukey (P<0,05). Resultados: O GCtrl apresentou nucleos menores quando comparado com o GIso<GSham<GEst (p=0,001). Observou-se que a porcentagem de colageno foi maior no GCtrl (54%), GIso (51%), GSham (50%)e o GEst foi o que apresentou a menor porcentagem (35%). A organizacao das fibras colagenas foi melhor no GEst e GIso quando comparadas ao GCtrl. Conclusao: A terapia com estrogenios ou isoflavonas altera a area celular miocardica e a porcentagem de colageno do coracao que podem acarretar alteracoes em suas propriedades mecanicas
Palavra-chave Miocárdio
Fitoestrógenos
Estradiol
Ovariectomia
Colágeno
Idioma Português
Data de publicação 2012
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2012. 56 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 56 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22183

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta