Analisar a efetividade de intervencoes educativas e motivacionais para o controle de placa bacteriana em idosos

Analisar a efetividade de intervencoes educativas e motivacionais para o controle de placa bacteriana em idosos

Título alternativo To analyze the effectiveness of educational interventions and motivational for the control of plaque in elderly
Autor Tiberio, Denise Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo A placa bacteriana e o fator extrinseco das caries e doencas periodontais, doencas bucais altamente prevalentes nos idosos. O controle mecanico caseiro (escovacao e fio dental) e a intervencao mais eficaz para sua remocao. A falta de intervencoes motivacionais direcionada aos idosos faz com que eles apresentem alta incidencia de carie, doenca periodontal. As intervencoes podem ser diretas ou indiretas e devem respeitar a faixa etaria serem instituidas. Para tanto, 120 idosos de uma coorte, do projeto EPIDOSO, foram recrutados. A efetividade das intervencoes motivacionais foram relacionadas com o Indice de Paca (IP), tendo o valor de 27,18% (Duarte, 1994) como corte, sendo considerado IP insatisfatorio acima deste valor. No momento que os idosos chegavam ao setor de Odontogeriatria, registrou-se o IP (IP inicial). Apos remocao dos fatores retentivos de placa bacteriana (carie, alisamento de bordo de proteses unitarias, extracoes) novo IP foi registrado (IP pos tratamento). Para alcancar IP considerado baseline, raspagem, alisamento e polimento coronario radicular foram executado ate que se alcancasse o valor de IP de 10% (preconizado por OÆLeary, 1972). A partir dai os idosos foram distribuidos aleatoriamente em 3 grupos (G1,G2,G3) onde foram instituidas intervencoes motivacionais para controle de placa bacteriana, onde no G1, a intervencao indireta consistia na entrega de um folder explicativo sobre placa bacteriana e metodos remocao (escovacao e fio dental) o G2, a intervencao indireta acima citada associado a intervencao direta, atraves de escovacao supervisionada por profissional, onde as faces coradas dos dentes com evidenciador de placa bacteriana e espelho de toillete, puderam ser observadas. O G3 foi eleito como controle nao recebendo intervencao. Os idosos foram acompanhados por 90 dias, com retornos mensais onde apos o registro do IP (IP momento 1,2,3), foi intensificado a intervencao especifica a cada grupo. Decorrido os tres meses os idosos receberam polimento, de acordo com a literatura e foram dispensados. A amostra, no momento da chegada, apresentou-se com 80,84% de IP insatisfatorio, sendo que o unico fator associado ao IP satisfatorio e o numero de escovacoes diarias (p=0,007). Quanto a efetividade das intervencoes moti acionais, os r pos foram se diferenciando ao on o do est do, no momento 1 as m dias de IP foram 1 2 1 (p 0,001), no momento 2 as m dias de IP encontradas foram 1 2 x G3 ( p=0,002) sendo que a diferen a fico definida no momento , onde temos as m dias de IP 2 1 x G 3 (p=0,001). Nosso trabalho conclui que a intervencao direta/ indireta (G2) foi efetiva no controle de placa bacteriana no grupo de idosos
Palavra-chave Idoso
Prevenção de Doenças
Odontologia Geriátrica
Motivação
Placa Dentária/prevenção & controle
Idoso
Idioma Português
Data de publicação 2012
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2012. 123 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 123 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22168

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta