A administração de clonidina intravenosa e sua capacidade em reduzir a pressão de artéria pulmonar em pacientes submetidos à cirurgia cardíaca

A administração de clonidina intravenosa e sua capacidade em reduzir a pressão de artéria pulmonar em pacientes submetidos à cirurgia cardíaca

Título alternativo Intravenous administration of clonidine and its ability to reduce pulmonary artery pressure in patients undergoing cardiac surgery
Autor João, Benedito Barbosa Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Oliveira Junior, Itamar Souza de Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: O objetivo do presente estudo e avaliar a capacidade da clonidina em reduzir a pressao arterial pulmonar de pacientes com hipertensao pulmonar, submetidos a cirurgia cardiaca, seja pela diminuicao dos valores pressoricos a partir da afericao direta da pressao de arteria pulmonar, seja pela reducao ou abolicao da necessidade de dobutamina e nitroprussiato de sodio no intra-operatorio. Metodo: Trata-se de estudo controlado, comparativo, randomizado e duplamente encoberto realizado em 29 pacientes portadores de hipertensao arterial pulmonar tipo 2, submetidos a cirurgia cardiaca. Avaliou-se a pressao media de arteria pulmonar e a posologia de dobutamina e nitroprussiato de sodio em 4 momentos: (M0) antes da administracao de 2μg/kg de clonidina intravenosa ou placebo, (M1) decorridos 30 min do tratamento testado e antes da circulacao extracorporea, (M2) imediatamente apos a circulacao extracorporea e (M3) 10 minutos apos a injecao de protamina. Resultados: Nao houve diferencas significativas em relacao a pressao media de arteria pulmonar em nenhum dos momentos estudados. Entre os grupos nao houve tambem diferenca significativa entre as demais variaveis estudadas como, pressao arterial sistemica media, frequencia cardiaca, dosagem total de dobutamina, dosagem total de nitroprussiato de sodio e necessidade do hipnoanalgesico fentanil. Conclusao: A analise dos dados obtidos dos pacientes incluidos neste estudo, permite concluir que a clonidina, na dose de 2μg/kg administrada via intravenosa nao foi capaz de reduzir a pressao media de arteria pulmonar de pacientes com hipertensao pulmonar do grupo 2 (hipertensao venosa pulmonar), submetidos a cirurgia cardiaca, e nem reduzir ou abolir a necessidade da administracao de dobutamina e nitroprussiato de sodio no intra-operatorio
Palavra-chave Humanos
Clonidina
Hipertensão pulmonar
Procedimentos cirúrgicos cardíacos
Idioma Português
Data de publicação 2012
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2012. 47 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 47 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22161

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta