Criação e instalação do Serviço de Capelania Evangélica Hospitalar do Instituto de Infectologia Emílio Ribas

Criação e instalação do Serviço de Capelania Evangélica Hospitalar do Instituto de Infectologia Emílio Ribas

Título alternativo Creation and implementation of the Evangelical Hospital Chaplaincy Services at the Emilio Ribas Institutoe deof Infectologiay: (1992 u 2004)
Autor Gentil, Rosana Chami Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Sanna, Maria Cristina Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo O presente estudo objetivou conhecer as circunstancias socio-historicas de criacao e implantacao do Servico de Capelania Evangelica Hospitalar (SCEH) de um hospital publico especializado modelo referencia u o Instituto de Infectologia Emilio Ribas, ocorridas na decada de 1990. Essa escolha se deu, entre outras razoes, por ser este o local de atuacao da pesquisadora como visitadora da capelania citada e pelo reconhecimento de que esse hospital tem se ocupado principalmente do paciente com AIDS, cuja assistencia inclui o atendimento das dores fisica e espiritual. Considerou-se que a estruturacao de um servico que desse provimento a assistencia espiritual tornava-se imperiosa nesse contexto, e o entendimento de que a capelania em foco estava assim posicionada apontou a relevancia de tomar sua organizacao como objeto de estudo. Para realiza-lo empregou-se a investigacao historica, implementada por meio de analise de documentos escritos e historia oral obtida em entrevistas realizadas com pessoas chaves para a compreensao do tema. Max Weber foi escolhido como referencial teorico de analise porque e adequado para o entendimento de estruturas organizacionais complexas e pela vinculacao existente entre os escritos desse autor, o pensamento cristao protestante e a organizacao do trabalho. Os resultados foram construidos a partir da analise dos discursos e da critica das fontes escritas e foram organizados em quatro categorias de descricao: Antecedentes Historicos e Primeiros Movimentos de Implantacao do SCEH, Recursos para Instalacao e Funcionamento do SCEH, Atividades desenvolvidas pelo SCEH e Relacionamentos Internos e Externos do SCEH. Concluiu-se que a criacao e implantacao da Capelania Evangelica em foco constituiram uma acao social porque foi implementada por atores que agiram intencionalmente nessa direcao. Essa acao foi desenvolvida sob a orientacao do ideario protestante, que coloca o trabalho como instrumento de sua realizacao e, por isso, o organiza formalmente, o que resultou na estruturacao administrativa desse servico. Isso nao se deu sem resistencia, mas, porque a iniciativa atendeu a necessidade social relevante, foi reconhecida e de certa forma legitimada, concorrendo tambem, para isso, sua vinculacao a uma figura juridica u a Associacao de Capelania Evangelica Hospitalar
Palavra-chave Assistência Religiosa
Assistência Religiosa/história
Organização e Administração
Humanização da Assistência
Espiritualidade
Idioma Português
Data de publicação 2012
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2012. 234 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 234 p.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22128

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Publico-22128-a.pdf
Tamanho: 217.5KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo
Nome: Publico-22128-b.pdf
Tamanho: 2.020MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta