Avaliacao da expressao de moleculas de adesao (VCAM-1 e ICAM-1) no carcinoma renal metastatico pulmonar de animais submetidos a terapia genica com a endostatina

Avaliacao da expressao de moleculas de adesao (VCAM-1 e ICAM-1) no carcinoma renal metastatico pulmonar de animais submetidos a terapia genica com a endostatina

Título alternativo Evaluation of the expression of adhesion molecules (VCAM-1 and ICAM-1) in metastatic renal cell carcinomalung of animals sujected to gene therapy with endostatin
Autor Chaves, Karen Cristina Barbosa Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo O carcinoma de celulas renais (CCR) e a terceira causa de morte de cancer genitourinario. CCR e elevadamente vascularizado e sensivel a terapia antiangiogenica. Endostatina (ES) e um fragmento de colageno XVIII que possui atividade antiangiogenica. Neste estudo, examinamos o potencial da terapia com ES para ativar celulas endoteliais associadas ao tumor em carcinoma de celulas renais metastatico (CCRm). Camundongos Balb/c com CCRm foram tratados com celulas NIH/3T3-LendSN-clone 3 ou com NIH/3T3-LXSN, como controle. Os subtipos de celulas T no tumor, linfonodo mediastinal e baco foram avaliados por citometria de fluxo. A expressao da molecula de adesao intercelular-1 (ICAM-1) e moleculas de adesao de celula vascular-1 (VCAM-1) foram avaliadas por qPCR em tempo real, citometria de fluxo e analise por imuno-histoquimica. Terapia com ES levou ao aumento na porcentagem de celulas infiltrantes CD4+INF-&#947;+, CD8+INF&#947;+ e CD49b+TNF-&#945;+. Alem disso, ES causou um aumento nos niveis de RNAm de ICAM-1 (1,4 vezes, P<0,01) e VCAM-1 (1,5 vezes) (controle vs ES, P<0,001). Atraves da citometria de fluxo, analisamos um significante aumento das celulas CD34+ICAM-1+ (8,1 vezes, P<0,001) e CD34+VCAM-1+ (1,6 vezes, P<0,05). Terapia genica com ES induziu um significante aumento de ambas as celulas T CD4 e CD8 no linfonodo e baco, sugerindo que ES pode facilitar a sobrevivencia celular ou expansao clonal. Celulas CD49b foram presentes em quantidades aumentadas em todos esses orgaos. Assim, demonstramos que um efeito inflamatorio anti-tumoral de ES em um modelo de CCRm e mediado pelo aumento da expressao de ICAM-1 e VCAM-1 em celulas endoteliais associadas ao tumor
Palavra-chave Animais
Carcinoma de Células Renais
Endostatinas
Molécula 1 de Adesão Intercelular
Molécula 1 de Adesão de Célula Vascular
Camundongos Endogâmicos BALB C
Modelos Animais de Doenças
Animais
Idioma Português
Data de publicação 2012
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2012. 78 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 78 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22119

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta