A acurácia da ultrassonografia com Doppler na avaliação da maturação da fistula arteriovenosa para hemodiálise

A acurácia da ultrassonografia com Doppler na avaliação da maturação da fistula arteriovenosa para hemodiálise

Título alternativo The accuracy of Doppler ultrasonography to evaluate the hemodialysis arteriovenous fistula maturity
Autor Fonseca Junior, Joao Humberto Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Miranda Junior, Fausto Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Contexto: O acesso para hemodialise tem uma relacao direta com o tempo de vida do paciente com insufiCiência renal cronica. A ultrassonografia com Doppler (USD) se estabeleceu como a mais importante forma de avaliacao do acesso, por sua reprodutibilidade, por ser nao-invasivo e pela grande quantidade de informacoes que pode oferecer. Nos dias atuais existem poucos artigos observando o problema da maturacao da fistula arteriovenosa (FAV). Ha uma preocupacao sobre o momento ideal para realizar a primeira puncao do acesso vascular recentemente criado. Desenvolver um criterio quantitativo para ajudar a resolver este problema sera de grande valia para a pratica clinica diaria nos Centros de Hemodialise, o que nos levou a questionar qual a acuracia da USD em avaliar a maturacao da FAV para hemodialise? Objetivo: Determinar a acuracia da USD, na avaliacao da maturacao da FAV para hemodialise. Tipo de estudo: Coorte para teste diagnostico. Local: Clinica de Nefrologia de Juazeiro da Bahia. Amostra: Foram incluidos na pesquisa, pacientes que necessitavam de acesso vascular para hemodialise e que nao haviam feito uma FAV anterior. Procedimentos: Apos a realizacao da FAV no membro superior, os pacientes foram submetidos a dois exames de USD, no periodo de maturacao da fistula, e foram acompanhados durante o primeiro mes de sessoes de hemodialise utilizando o acesso, e verificando a adequacao deste acesso, em relacao a hemodialise. Variaveis: Primaria: acuracia da USD na avaliacao da maturacao da FAV para hemodialise. Variaveis secundarias: volume de fluxo e diametro aferidos na veia de drenagem. Metodo estatistico: O tamanho da amostra foi calculado em 49 pacientes. Na analise estatistica foram aferidos, especificidade, sensibilidade, acuracia, valor preditivo positivo, valor preditivo negativo, razoes de Verossimilhanca, curva ROC (Receiver operator characteristic), curva TG ROC (Two graph u receiver operator characteristic) e regressao logistica. Resultados: Foram incluidos 76 pacientes na pesquisa, 51 pacientes concluiram o estudo, dois grupos foram formados quanto a adequacao da hemodialise, aqueles que tiveram boa adequacao (45 de 51) e aqueles que nao tiveram boa adequacao (6 de 51). O volume de fluxo medio e o diametro medio da veia de drenagem foram respectivamente: 940 mL/min (IC 95%: 829mL/min-1052mL/min); 325 mL/min ( IC 95%: 140mL/min-510mL/min); 0,48cm (IC 95%: 0,45cm-0,52cm); 0,33cm (IC 95%: 0,27cm-0,40cm). A area sob a curva ROC com significado estatistico 0,926 foi a do volume de fluxo. Conclusao: A acuracia encontrada da ultrassonografia em avaliar a maturacao da fistula de hemodialise foi de 85%. Descritores: Fistula arteriovenosa, hemodialise, ultrassonografia Doppler
Palavra-chave Ultrassonografia Doppler
Fístula Arteriovenosa/diagnóstico
Fístula Arteriovenosa
Diálise Renal
Insuficiência Renal Crônica
Humanos
Idioma Português
Data de publicação 2011
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2011. 76 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 76 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22107

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta