Introdução do glicosimetro no automonitoramento glicemico aos pacientes insulino-dependentes do municipio de Santos

Introdução do glicosimetro no automonitoramento glicemico aos pacientes insulino-dependentes do municipio de Santos

Título alternativo Glucometer´s introduction as a self-monitoring to the insulin-dependent patients of Santos/SP
Autor Yoneda, Everton de Paula Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivos: Avaliar e analisar a evolucao dos niveis de HbA1c nos pacientes insulinodependentes apos a Introdução do automonitoramento de glicemia capilar no municipio de Santos/SP. Metodos: Conduzido atraves de um estudo de caso transversal, utilizando-se prontuarios de pacientes, selecionou-se 20% do total de pacientes insulino-dependentes (160/800 pacientes) conforme faixas etarias e sexo. Utilizaram-se os prontuarios que possuiam registros com no minimo um resultado antes da Introdução da tecnologia e dois resultados apos a Introdução do aparelho, com intervalos de tres meses entre eles e foram excluidos os prontuarios ilegiveis ou que nao possuissem valores de HbA1c anotados. A coleta dos dados foi feita em loco atraves dos prontuarios arquivados nas Unidades Basicas de Saúde, durante o segundo semestre de 2008. Os dados utilizados sao referentes a coletas realizadas no primeiro semestre de 2008. Os prontuarios foram pesquisados individualmente em busca dos tres exames de HbA1c; os dados de HbA1c utilizaveis para o estudo foram anotados e tabulados para as conclusoes deste estudo. Os dados obtidos foram tratados e analisados atraves do software SPSS 15.0 (SPSS Inc. Chicago-IL) utilizando teste ANOVA com medidas repetidas, comparando-se os valores medios de HbA1c antes do inicio do automonitoramento domiciliar com os valores de exames feitos apos essa Introdução. Foram comparados os valores medios antes e apos automonitoramento para identificar reducao ou nao dos valores de HbA1c dos pacientes. Resultados: A distribuicao por sexo apresentou-se de forma que 38,5% eram homens e 61,5% mulheres. Dos 157 prontuarios utilizados, apenas cinco (3,2%) pertenciam a faixa dos 21-40 anos; a faixa dos 41-60 anos apresentou-se com maior densidade populacional comparativa, possuindo 47 pacientes (30%); e os maiores de 60 anos prevaleceram no estudo com 105 pacientes elencados (66,9%). Os valores de HbA1c extraidos dos prontuarios apresentam uma queda estatisticamente significativa apos 6 meses do inicio do uso do glicosimetro, com P<0,05 (0,014). Para esse calculo, utilizaram-se os exames de HbA1c feitos no inicio do automonitoramento glicemico domiciliar e apos essa Introdução, com intervalos de 3 meses entre eles, para cada um dos 157 pacientes, com total de 471 valores de HbA1c. Com valor de P<0,05, demonstrou-se que apos seis meses de utilizacao do glicosimetro e possivel notar reducao estatistica nos niveis de HbA1c e que essa diferenca tambem e observada entre as faixas etarias. A diferenca entre os sexos nao se apresenta como variavel estatisticamente significante. Conclusoes: Conclui-se que o monitoramento domiciliar da glicemia, atraves de glicosimetro, feito por pacientes submetidos a intervencao medicamentosa, reduz os niveis de HbA1c em um prazo de seis meses de utilizacao do monitor
Palavra-chave Automonitorização da Glicemia
Hemoglobinas
Equipamentos de Medição
Diabetes Mellitus Tipo 1
Idioma Português
Data de publicação 2011
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2011. 35 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 35 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22103

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta