Deteccao de alteracoes no gene GLA em pacientes Fabry, utilizando sequenciamento e quantificacao de RNA mensageiro

Deteccao de alteracoes no gene GLA em pacientes Fabry, utilizando sequenciamento e quantificacao de RNA mensageiro

Título alternativo Detection of alterations in the GLA gene in Fabry patients, using sequencing and quantification of messenger RNA
Autor Turaca, Lauro Thiago Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Doenca de Fabry (DF) e um erro inato do catabolismo de glicoesfingolipideos ligado ao X que resulta de mutacoes no gene da alfa-galactosidase A (GLA). O diagnostico da doenca e geralmente realizado atraves da avaliacao da atividade enzimatica em individuos do sexo masculino, mas em mulheres o diagnostico com base apenas em ensaios enzimaticos e muitas vezes inconclusivo. Assim, propomos um diagnostico simples capaz de identificar alteracoes alem da regiao codificante do DNA genomico, ou seja, no processo de splicing e no padrao de expressao genica de GLA. O processo e baseado no sequenciamento do RNA mensageiro juntamente com analise de sua expressao genica, utilizando a mesma amostra. Neste trabalho analisamos o DNA genomico de 622 individuos de 144 familias com suspeita de FD. Dentre 75 familias encontrou-se 43 tipos alteracoes no gene entre os quais 20 nao foram previamente relatadas na literatura. As alteracoes incluiram 17 mutacoes missense, 7 mutacoes nonsense, 8 delecoes, 6 insercoes, 4 polimorfismos e uma alteracao no sitio de splicing. Seis mutacoes missense (R112C, R118C, R220X, R227X, R342Q e R356W) ocorreram em dinucleotideos CpG. Cinco mutacoes ainda nao descritas na literatura (A156D, K237X, A292V, I317S, c.1177_1178insG) foram correlacionados com baixa atividade da enzima e com previsoes de danos moleculares. Das 13 delecoes e insercoes da regiao codificante, 7 ocorreram nos exons 6 ou 7 (54%) e 11 levaram a formacao de codon de terminacao. Alem disso, 19 mulheres com fortes indicios de serem portadoras de alteracoes no gene GLA, mas que nao apresentaram alteracoes no sequenciamento de DNA, foram submetidas ao sequenciamento e expressao de RNAm. Dentre elas, uma paciente apresentou delecao de 61pb na sequencia do RNAm. Alem disso, outras 15 pacientes apresentaram diminuicao na expressao do gene GLA. O presente estudo destaca a importancia da deteccao de novas alteracoes genomicas, facilita a selecao de pacientes para a terapia de reposicao enzimatica recombinante e oferece a possibilidade de realizar o diagnostico pre-natal. Alem disso, usando o protocolo de RNAm extraido de celulas brancas do sangue e possivel evitar o uso de biopsias e diminuir a quantidade de fragmentos a serem sequenciados
Palavra-chave Humanos
Doença de Fabry
Doença de Fabry/diagnóstico
RNA
alfa-Galactosidase
Sequência de Bases
Humanos
Idioma Português
Data de publicação 2011
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2011. 65 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 65 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22102

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta