Participação da quimase como fator pro-fibrótico na nefropatia diabética

Participação da quimase como fator pro-fibrótico na nefropatia diabética

Título alternativo Chymase participation as a factor pro-fibrotic in diabetic nephropathy: evaluation in vivo and in vitro
Autor Cristovam, Priscila Cardoso Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Boim, Mirian Aparecida Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Resumo A quimase e uma enzima alternativa a ECA na formacao de Ang II e sua expressao esta aumentada em rins de pacientes diabeticos e em celulas mesangiais humanas estimuladas com glicose. No entanto, esta via alternativa nao e relevante em algumas especies, incluindo ratos, uma vez que estes animais expressam a isoforma &#946;-quimase que inativa a Ang II, contrabalanceando os efeitos da -quimase. Evidencias recentes demonstram que a -quimase pode atuar diretamente como fator pro-fibrotico atraves da ativacao do TGF-&#946;1, independentemente da Ang II. Para avaliar esse efeito da quimase na fisiopatogenese da nefropatia diabetica (ND) utilizamos modelo de diabetes induzido por estreptozotocina (60 mg/kg/ev) em ratos. Os animais foram estudados apos 30 (D30) ou 60 (D60) dias. Avaliamos tambem, o comportamento de celulas mesangiais (CM) de rato estimuladas com glicose (55 mM) na ausencia e na presenca de inibidor de quimase, a quimiostatina (50 &#956;M), e do antagonista de Ang II, o losartan (100 nM). Niveis de expressao da fibronectina, Smads 3 e 7, colagenos I e III, quimase e TGF-&#946;1 foram determinadas por PCR em tempo real e Western Blot. A atividade enzimatica da quimase foi avaliada por metodo fluorimetrico. A atividade da quimase e a sua expressao aumentaram principalmente no grupo D60 (p<0,05), o qual apresentou aumento na expressao dos marcadores de fibrose incluindo, fibronectina, colageno tipo I e III, bem como no TGF-&#946;1 e de sua via de sinalizacao, Smad 3, sem alteracao na expressao da Smad 7 (inibidor da via Smad 3). A glicose induziu aumento na atividade enzimatica e na expressao da quimase tambem nas CM. Houve ativacao na via do TGF-&#946;1 com aumento dos marcadores de fibrose. Esses efeitos foram revertidos pela quimiostatina e tambem pelo losartan, porem o bloqueio dos receptores AT1 nao interferiu com a via das Smads 3 e 7. CM controles estimuladas com quimase responderam com aumento na expressao do TGF-&#946;1, Smad 3 e nos marcadores de fibrose. Esses efeitos tambem foram revertidos pela quimiostatina, mas nao pelo losartan. Resultados obtidos neste estudo indicam um papel da quimase como indutora de fibrose atraves da ativacao direta do TGF-&#946;1 e independente da formacao de Ang II
Palavra-chave Animais
Células Mesangiais
QUIMASE
Fator de Crescimento Transformador beta 1
Nefropatias Diabéticas
Ratos
Animais
Idioma Português
Data de publicação 2011
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2011. 83 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 83 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22062

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta