Traducao, adaptacao cultural, reprodutibilidade e validade de criterio do questionario Siuation X Trait Adaptive Response Smoking Motivation Questionnaire - STAR-SMOQ para o portugues do Brasil

Traducao, adaptacao cultural, reprodutibilidade e validade de criterio do questionario Siuation X Trait Adaptive Response Smoking Motivation Questionnaire - STAR-SMOQ para o portugues do Brasil

Título alternativo Translation, cultural adaptation, reproducibility and criterion vality of the Situation X Trait Adaptive Response Smoking Motivation Questionnarie u STAR-SMOQ for BrazilÆs Portuguese
Autor Nogueira, Cristina de Araujo Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Introdução. A investigacao da motivacao para fumar tem mostrado a interacao de fatores internos como afetos negativos e externos como situacoes de estresse. Existem instrumentos de mensuracao desta caracteristica como o Situation X Trait Adaptive Response Smoking Motivation Questionnaire (STAR-SMOQ), um instrumento que mensura a motivacao para fumar sob quatro dominios: melhora cognitiva, reducao de afetos negativos, melhora do prazer e controle do apetite e do peso. Objetivo. Avaliar a adaptacao cultural para o portuges do Brasil, reprodutibilidade e validade de criterio do STAR-SMOQ. Metodos. Estudo transversal de reprodutibilidade no qual 75 tabagistas responderam a versao traduzida e adaptada do STAR-SMOQ para o portugues do Brasil por tres vezes. As duas primeiras aplicacoes foram sucessivas com intervalo de 30 minutos (reprodutibilidade interobservador) e a terceira apos 15 dias (reprodutibilidade intra-observador). Os resultados foram expressos em mediana, valores maximos e minimos. A reprodutibilidade do questionario, realizada pelo sistema teste-reteste foi avaliada pelo coeficiente de correlacao intraclasse (CCI). Foi utilizado o teste de Mann-Whitney para avaliar as correlacoes entre escores do STAR-SMOQ e diferencas entre os individuos quanto ao genero, caracteristica de depressao e grau de dependencia nicotinica. Resultados: Dos 75 pacientes que participaram do estudo, 43 (57,3%) eram do sexo feminino, e a idade media foi de 46,3 anos. A maioria dos pacientes (65,3%) era de fumantes pesados (monoxido de carbono expirado maior que 20 particulas por milhao). A reprodutibilidade do questionario, avaliada pelo CCI, mostrou-se boa a excelente, apresentando o menor coeficiente de 0,62 e o maior de 0,85 para a avaliacao interobservador, e de 0,68 e 0,88 para a avaliacao intra-observador. As correlacoes mostraram que o genero feminino apresentou maiores escores para os dominios de reducao de afetos negativos e controle do peso comparado ao genero masculino; os individuos depressivos mostraram diferenca significante na selecao de escores maiores para melhora cognitiva e melhora do prazer comparado aos nao-depressivos, e o grau de dependencia nicotinica esteve relacionado positivamente com a escolha de escores elevados para melhora cognitiva; melhora do prazer e reducao de afetos negativos. Conclusao: pode-se concluir que o STAR-SMOQ e reprodutivel para o portugues do Brasil, sendo um instrumento valido para medir a motivacao para fumar
Palavra-chave Humanos
Questionários
Reprodutibilidade dos Testes
Hábito de Fumar
Abandono do Hábito de Fumar
Humanos
Idioma Português
Data de publicação 2010
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2010. 140 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 140 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22050

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta