Sistema intravitreo biodegradavel de liberacao controlada de naproxeno e 5-fluorouracil para o tratamento experimental da retinopatia vitreoproliferativa apos trauma

Sistema intravitreo biodegradavel de liberacao controlada de naproxeno e 5-fluorouracil para o tratamento experimental da retinopatia vitreoproliferativa apos trauma

Título alternativo An intravitreal biodegradable sustained release naproxen and 5-fluorouracil system for the treatment of experimental post-traumatic proliferative vitreoretinopathy
Autor Cardillo, Jose Augusto Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: Determinar o potencial da aplicacao intravitrea de um sistema de liberacao lenta de co-drogas de naproxeno e 5-fluorouracil (NA/5-FU) para o tratamento da retinopatia vitreoproliferativa (PVR) experimental em um modelo de descolamento tracional da retina associado ao trauma ocular.Metodos: Implantes de liberacao lenta foram preparados por meio de ligacao covalente do naproxeno e 5-fluorouracil. A liberacao das drogas foi testada in vitro e os efeitos toxicos avaliados por eletrofisiologia e microscopia optica. A retinopatia vitreoproliferativa traumatica foi induzida em coelhos pigmentados por meio de uma incisao escleral de 6 mm, seguida de sutura e injecao intravitrea de 0.4 ml de sangue autologo.Trinta e seis olhos foram tratados com implantes de liberacao lenta contendo 1,5 mg NA/5-FU em um sistema de co-drogas e 36 olhos-controle foram submetidos apenas ao procedimento sem tratamento. Os olhos foram avaliados por oftalmoscopia indireta em dias determinados, seguida de um exame fundoscopico post-mortem dos olhos enucleados. Resultados: O implante de NA/5-FU demonstrou apresentar liberacao de 5-FU e naproxeno por um periodo de 30 dias no teste de liberacao in vitro. Tanto o grau de gravidade da PVR quanto a porcentagem de olhos com descolamento tracional moderado ou severo foram significantemente menores em olhos tratados com o implante de co-drogas. Nao foram observados efeitos toxicos evidentes na avaliacao histopatologica ou na resposta eletrorretinografica dos olhos que receberam os implantes.Conclusao: Os resultados sugerem que o sistema de co-drogas de NA/5-FU inibe de forma eficaz a progressao da PVR em um modelo que se assemelha ao processo de PVR apos trauma em seres humanos. Sao necessarios estudos adicionais para aumentar nossa compreensao sobre esses achados iniciais e definir o potencial dos implantes de co-drogas para o tratamento da PVR
Assunto Animais
Vitreorretinopatia Proliferativa/quimioterapia
Implantes de Medicamento
Naproxeno
Fluoruracila
Modelos Animais de Doenças
Coelhos
Animais
Idioma Português
Data 2007
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2007. 39 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 39 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22044

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)