Correlacao entre a classificacao BI-RADS® 4, e os achados anatomopatologicos e imunoistoquimicos, nas lesoes nao nodulares representadas por microcalcificacoes agrupadas

Correlacao entre a classificacao BI-RADS® 4, e os achados anatomopatologicos e imunoistoquimicos, nas lesoes nao nodulares representadas por microcalcificacoes agrupadas

Título alternativo Correlation between 4th. Category of BI-RADS® in breast microcalcifications groups and histopathologic and immunohistochemical findings, on core biopsy of non-nodular lesions
Autor Kandelman, Jose David Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivos: Correlacionar imagens obtidas em mamografias, classificadas pelo sistema BI-RADS® (Breast Imaging Reporting and Data System Atlas) como categoria 4 e suas subdivisoes A, B e C, com o diagnostico histopatologico; verificar a correlacao entre as categorias BI-RADS® 4A, 4B e 4C e os achados imunoistoquimicos da expressao de proteinas que interferem nos mecanismos de adesao celular e invasao tumoral: Claudina, Paxilina, HER-2 e FRA-1; propor uma revisao critica da ultima versao da classificacao de BI-RADS®, no que diz respeito a subdivisao da categoria 4. Metodos: Este e um estudo longitudinal, realizado entre agosto de 2006 e julho de 2007, e idealizado em duas frentes: uma para comparacao entre os diagnosticos radiologico e histopatologico em mulheres com microcalcificacoes mamarias, e outra verificando, nesta mesma casuistica, a presenca de marcadores imunoistoquimicos de malignidade, e sua associacao com o resultado histopatologico. Foram incluidos todos os casos de mulheres consecutivamente encaminhadas a um servico particular de radiologia, portadoras de mamografias de rotina/rastreamento realizados em outros servicos, com achados de microcalcificacoes, encaminhadas para realizacao de biopsia estereotaxica, e classificadas, no laudo final, entre: portadoras de lesoes benignas, hiperplasias ou malignas. Associacoes entre as variaveis clinicas, patologicas e radiologicas foram avaliadas. Resultados: No periodo do estudo, 127 pacientes com microcalcificacoes mamarias, classificadas como BI-RADS® 4, foram admitidas. A analise histologica revelou 16 casos malignos. As amostras eram benignas na maioria dos casos reportados como BI-RADS® 4A, e malignas na maioria dos BI-RADS® 4B ou 4C (p = 0,0387). Considerando a avaliacao de BI-RADS® inicial, antes do agrupamento das categorias 4B e 4C, a porcentagem de biopsias malignas foi significativamente maior nas amostras caracterizadas como 4B. As categorias 4C e 4A apresentaram a maior porcentagem de resultados de atipia; e nao havia amostras com atipia na classificacao 4B. Entre os resultados benignos (106 casos), a categoria 4A compreendeu a maior parte dos casos. Conclusoes: Houve correlacao entre os resultados do exame histopatologico e a categoria 4 de BI-RADS®. Houve correlacao significativa entre o diagnostico radiologico, morfologico e expressao de HER-2 e de FRA-1. Nao houve correlacao entre o diagnostico radiologico, morfologico e a expressao de Claudina e Paxilina. A reuniao das subcategorias B e C da classificacao BI-RADS® 4 mantem significativa correlacao entre os achados imagenologicos e morfologicos, promovendo uma clara mensagem para a formulacao da conduta medica
Palavra-chave Humanos
Feminino
Neoplasias da Mama
Neoplasias da Mama/classificação
Neoplasias da Mama/patologia
Mamografia
Biópsia
Calcinose
Imuno-Histoquímica
Humanos
Feminino
Idioma Português
Data de publicação 2011
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2011. 115 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 115 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22030

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta