Estudo de mutacoes nos genes GJA1 e NKX2.5 e suas relacoes com a sindrome da hipoplasia do coracao esquerdo

Estudo de mutacoes nos genes GJA1 e NKX2.5 e suas relacoes com a sindrome da hipoplasia do coracao esquerdo

Título alternativo Study of mutation in NKX2.5 and GJA1 genes and their relationship to the hypoplastic left heart syndrome
Autor Alves, Leandro Ucela Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivos: Correlacionar mutacoes nos genes GJA1 e NKX2.5 com o quadro clinico de casos com a Sindrome da Hipoplasia do Coracao Esquerdo isolada, comparando com individuos com Ma Formacao Cardiovascular Congenita diversa e verificar as mutacoes encontradas em 200 individuos controles saudaveis, afim de, se estabelecer uma potencial relacao. Metodologia: A casuistica consistiu de dez casos com sindrome da hipoplasia do coracao esquerdo e dez controles com ma formacao cardiovascular congenita diversa. Esses 20 individuos foram submetidos a reacao em cadeia da polimerase a partir de DNA extraido de celulas brancas, resultando na amplificacao das regioes codificantes e adjacentes dos genes GJA1 e NKX2.5. Subsequente, esses produtos foram sequenciados. As mutacoes encontradas pelo sequenciamento foram testadas por tecnica de polimorfismos de comprimento de fragmentos de restricao em 200 individuos controles saudaveis. Resultados: O sequenciamento das 20 amostras revelou a presenca de quatro mutacoes silenciosas distintas:(a)c.717G>A-GJA1, frequencia de 9G/G:1G/A em casos com a sindrome da hipoplasia do coracao esquerdo, 10G/G em casos com ma formacao cardiovascular congenita diversa e 198G/G:2A/G em controles saudaveis; (b) c.1398-1399insA-GJA1, frequencia de 8-/-:2insA/- em casos com sindrome da hipoplasia do coracao esquerdo e de 9-/-:1insA/- em casos com ma formacao cardiovascular congenita; (c) c.239A>G-NKX2.5, frequencia de 3A/A:5A/G:2G/G em casos com sindrome da hipoplasia do coracao esquerdo, de 4A/A:5A/G:1G/G em casos com ma formacao cardiovascular congenita e de 35A/A:107A/G:58G/G em controles e; (d) c.719A>G-NKX2.5, com frequencia de 10A/A em casos com a sindrome da hipoplasia do coracao esquerdo, de 1A/G:9A/A em casos com ma formacao cardiovascular congenita diversa e de 178A/A:22A/G no grupo controle. Discussao: Todas as mutacoes encontradas no gene GJA1 (c.717G>A e c.1398-1399insA) estavam presentes em pacientes com sindrome da hipoplasia do coracao esquerdo ou ma formacao cardiovascular congenita com quadro de coartacao da aorta e estenose aortica. Tais patologias fazem parte do quadro mal formativo do trato de fluxo de saida do ventriculo esquerdo, as quais sao ditas possuirem uma origem morfogenetica em comum. Foi detectada uma baixa frequencia da mutacao c.717G>A-GJA1 em controles. A mutacao c.719A>GNKX2.5, por se apresentar em apenas 1 individuo com SHCE, torna a sua participacao no quadro clinico como sugestiva, enquanto que a mutacao c.239A>G-NKX2.5 apresentou-se amplamente difundida nos 220 individuos da casuistica. Conclusoes: A sindrome da hipoplasia do coracao esquerdo e considerada uma doenca de origem multifatorial e as mutacoes silenciosas encontradas no gene GJA1 podem contribuir para o perfil clinico da sindrome e de outros quadros mal formativos do trato de fluxo de saida do ventriculo esquerdo. Ja em relacao as mutacoes em NKX2.5, nao se pode afirmar alguma associacao, a c.239A>G por estar altamente difundida e a c.719A>G pela baixa frequencia e por nao ter sido testada em controles
Palavra-chave Humanos
Síndrome do Coração Esquerdo Hipoplásico
Cardiopatias Congênitas
Mutação Puntual
Polimorfismo Genético
Humanos
Idioma Português
Data de publicação 2012
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2012. 110 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 110 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22016

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta