Analise da expressao do receptor B2 adrenergico e de seu papel na modulacao da atividade supressora de celulas T reguladoras Foxp3+

Analise da expressao do receptor B2 adrenergico e de seu papel na modulacao da atividade supressora de celulas T reguladoras Foxp3+

Título alternativo Analysis of B2 adrenergic receptor expression of and its role in modulating the suppressive activity of Foxp3+ regulatory T cells
Autor Guereschi, Marcia Grando Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Orgaos linfoides, como baco e linfonodos, sao ricamente inervados por fibras simpaticas, as quais exercem suas acoes pela liberacao de catecolaminas. A sinalizacao via o receptor B2-adrenergico (ADRB2) em celulas T CD4+ parece prejudicar a diferenciacao e funcao de celulas Th1 de modo dependente de AMPc, levando a inibicao da proliferacao celular e a diminuicao da producao de IL-2 e IFN-. Celulas T reguladoras CD4+Foxp3+ (Treg) desempenham um papel chave na regulacao de respostas imunologicas e sao essenciais na manutencao da auto-tolerancia. No entanto, pouco se sabe sobre a expressao de receptores catecolaminergicos em celulas Treg, bem como sobre a influencia das catecolaminas na sua funcao. Objetivo: Portanto, o objetivo deste estudo foi investigar o efeito da estimulacao de ADRB2 sobre as funcoes de celulas Treg. Resultados: Mostramos pela primeira vez que celulas Treg Foxp3+ expressam ADRB2 funcional. Encontramos ainda que fenoterol, agonista especifico de ADRB2, foi capaz de aumentar a atividade supressora de celulas Treg, uma vez que a proliferacao de celulas T naive foi cerca de 40% menor do que a observada em culturas controle. Tratamento das celulas Treg com agonista de ADRB2 tambem reduziu a producao de IL-2 pelas celulas T naive. Visto que AMPc intracelular ativa PKA, investigamos se o aumento da supressao de Treg mediado pelo tratamento com fenoterol poderia ser revertido pela inibicao da PKA. Mostramos que o pre-tratamento das celulas Treg com um inibidor de PKA reverteu o efeito do agonista de ADRB2. Conclusao: Nossos dados sugerem, pela primeira vez, o potencial das fibras simpaticas de regular positivamente a atividade supressora de celulas Treg atraves da sinalizacao via ADRB2. Este aumento na funcao supressora das celulas Treg e dependente da via AMPc-PKA
Palavra-chave Agonistas de Receptores Adrenérgicos beta 2
Antígeno CTLA-4
Norepinefrina
Supressão
Linfócitos T Reguladores
Idioma Português
Data de publicação 2012
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2012. 155 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 155 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22010

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta