Estudo da lingua segundo conceitos da medicina tradicional chinesa

Estudo da lingua segundo conceitos da medicina tradicional chinesa

Título alternativo Tongue's study by concepts of traditional chinese medicine
Autor Abe, Gislaine Cristina Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo O modelo integrativo propoe uma incorporacao de diferentes sistemas, associando o que ha de melhor na medicina ocidental, com tecnicas alternativas ou complementares, incluindo medicinas tradicionais, no diagnostico, terapeutica e atencao ao paciente. Uma das mais importantes tecnicas de exame fisico utilizada pela medicina tradicional chinesa (MTC), com implicacao no diagnostico e prognostico de doencas, e o exame da lingua, tecnica nao utilizada na medicina ocidental convencional. Os objetivos deste trabalho sao: apresentar a tecnica de exame da lingua, segundo aspectos da MTC, construindo um roteiro de avaliacao u exame sistematizado da lingua (ESL) com objetivo de torna-lo acessivel aos profissionais da area de Saúde que queiram praticar tecnicas mais integrativas de atencao a Saúde; tambem avaliar aspectos de normalidade/anormalidade da lingua, comparando grupos com neuronopatia motora: esclerose lateral amiotrofica e sindrome pos-poliomielite, com um grupo controle. Foram selecionados, aleatoriamente, tres grupos distintos de pacientes (n=20): grupo controle (sadios); pacientes com sindrome pos-poliomielite; pacientes com esclerose lateral amiotrofica. Apresentamos o modelo ESL, que submetido a analise estatistica inter e intra grupos, considerando p< 0,05, mostrou diferencas significativas nos tres grupos. Foram avaliados os parametros: umidade, saburra, cor, movimento, tamanho, e ooutros achadoso. A sistematizacao do exame da lingua possibilita evidenciar caracteristicas, diferenciar grupos, e comparar resultados, podendo ser um instrumento util na avaliacao do estado de Saúde e da doenca, de forma ampla e dinamica. Nao foi encontrada nenhuma lingua completamente normal e, segundo os conceitos descritos ha milenios nos textos originais da MTC, as alteracoes descritas representam fases de processos progressivos de adoecimento. Foram encontradas diferencas significativas nas caracteristicas da lingua nas populacoes estudadas, principalmente em relacao a cor e tamanho da lingua, com significado clinico ainda pouco estudado e compreendido na medicina ocidental, mas que fornecem informacoes importantes para o acompanhamento individualizado, curativo e preventivo dos individuos
Palavra-chave Humanos
Medicina Tradicional Chinesa
Língua
Diagnóstico
Medicina Integrativa
Esclerose Amiotrófica Lateral
Síndrome Pós-Poliomielite
Humanos
Idioma Português
Data de publicação 2012
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2012. 115 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 115 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22007

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta