Infeccao genital e oral pelo papilomavirus humano nas mulheres internas na Penitenciaria Feminina da Cidade de São Paulo

Infeccao genital e oral pelo papilomavirus humano nas mulheres internas na Penitenciaria Feminina da Cidade de São Paulo

Título alternativo Genital and Oral HPV infection in women at the Women Penitenciary of the City of São Paulo, Brazil
Autor Zonta, Marco Antonio Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Introdução: O cancer de colo uterino e o carcinoma de cavidade oral ocupam lugar de destaque entre as neoplasias escamosas, sendo associados com infeccao pelo Papilomavirus Humano (HPV). A identificacao de lesoes pre malignas e malignas por exames citologicos e a caracterizacao molecular da infeccao sao metodos importantes na prevencao e no diagnostico precoce dessas doencas. Objetivo: Verificar, atraves de citologia convencional e de metodos moleculares a prevalencia de infeccao genital e oral pelo Papilomavirus humano em mulheres internas da Penitenciaria Feminina da Cidade de São Paulo. Material e metodos: Foram estudadas 409 amostras cervico-vaginais e da cavidade oral de mulheres na faixa etaria entre 18 a 60 anos, com vida sexual ativa, internadas na Penitenciaria Feminina da Cidade de São Paulo no periodo de janeiro a dezembro de 2006. As amostras foram analisadas citologicamente e a caracterizacao molecular DNA-HPV foi realizado por PCR/RFLP e sequenciamento. Resultados: Verificou-se uma prevalencia de 13,03% de infecao por HPV no colo uterino, sendo 7,27% identificadas em amostras citologicas negativas e 5,76% em amostras citologicas pre-malignas e malignas. A maior prevalencia foi do HPV 6 de baixo risco oncogenico seguido pelo HPV 16 de alto risco oncogenico. Na cavidade oral verificou-se a prevalencia de 5,87% de infeccao pelo HPV, sendo 4,85% por HPV de alto risco oncogenico. O tipo mais prevalente foi o HPV 59. A maior prevalencia de infeccao oral por HPV de alto risco foi identificada em mulheres heterossexuais. Conclusao: A prevalencia de alteracoes citologicas cervicais pre-malignas e malignas (6,50%) foi semelhante aos relatos de estudos da populacao em geral, e tambem, a ocorrencia de infeccao genital por HPV (13,03%) Nao foi observado associacao entre a ocorrencia de infecao genital e oral por HPV de alto e de baixo risco e comportamento sexual
Assunto Humanos
Feminino
Papillomaviridae
Prisões
Neoplasias Bucais
Neoplasias do Colo do Útero
Biologia Molecular
Infecções por Papillomavirus
Infecções por Papillomavirus/epidemiologia
Humanos
Feminino
Idioma Português
Data 2012
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2012. 166 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 166 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22003

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)