Biofeedback para o tratamento das disfuncoes do assoalho pelvico feminino

Biofeedback para o tratamento das disfuncoes do assoalho pelvico feminino

Título alternativo Biofeedback for treatment of female pelvic floor muscle dysfunction: systematic review of randomized clinical trials with metanalisys
Autor Fitz, Fatima Fani Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: Determinar os efeitos do treinamento dos musculos do assoalho pelvico (TMAP) em combinacao com o biofeedback (BF) para o tratamento das disfuncoes do assoalho pelvico feminino. Metodos: Revisao sistematica com metanalise. Estrategia de busca: As bases pesquisadas foram: MEDLINE (1966-marco/2011), LILACS (1993-marco/2011), PUBMED (1974-marco/2011), PEDro (1985-marco/2011). Consideraram-se elegiveis os ensaios em lingua inglesa. Criterios de selecao: Ensaios clinicos randomizados e controlados, nos quais o BF foi utilizado como adjuvante ao TMAP no tratamento nas disfuncoes dos musculos do assoalho pelvico (MAP) feminino, tais quais disfuncoes urinarias, anorretais e sexuais. Criterios de exclusao: ensaios nos quais o treinamento dos MAP foi combinado com BF para fins de aprendizagem da contracao muscular do assoalho pelvico; ensaios em que o BF foi utilizado em combinacao com outra terapia; ensaios nos quais o BF foi utilizado apenas como avaliacao dos MAP; e ensaios que recrutaram homens e mulheres, nos quais os dados demograficos e os resultados nao foram reportados separadamente. Coleta dos dados: a extracao de dados e avaliacao de qualidade foi feita independentemente por dois investigadores de acordo com criterios previamente determinados e os resultados foram comparados para determinacao do grau de concordancia. A qualidade metodologica dos estudos foi avaliada pela escala PEDro. Para a metanalise foram extraidas medidas de desfecho continuas, usando modelo de efeito fixo e/ou randomico. Os resultados foram apresentados em medias ponderadas. Resultados: Coletivamente, um total de 22 estudos foram incluidos. Apenas nos ensaios que trataram as disfuncoes urinarias foi possivel fazer uma reuniao de estudos. Comparando TMAP com BF e TMAP sem BF nao foi encontrada relevancia estatistica nos resultados que avaliaram a funcao dos MAP em curto e medio prazo: media 9.89 (95% intervalo de confianca -5.05, 24.83) e 15.03 (95% intervalo de confianca -9.71. 39.78), respectivamente. Conclusao: o TMAP com BF parece nao oferecer beneficios adicionais no tratamento das disfuncoes femininas dos MAP
Assunto Humanos
Feminino
Diafragma da Pelve
Transtornos Urinários
Biorretroalimentação Psicológica
Terapia por Exercício
Revisão
Metanálise
Humanos
Feminino
Idioma Português
Data 2012
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2012. 146 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 146 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/21985

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)