Biofeedback para o tratamento das disfuncoes do assoalho pelvico feminino

Biofeedback para o tratamento das disfuncoes do assoalho pelvico feminino

Título alternativo Biofeedback for treatment of female pelvic floor muscle dysfunction: systematic review of randomized clinical trials with metanalisys
Autor Fitz, Fatima Fani Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: Determinar os efeitos do treinamento dos musculos do assoalho pelvico (TMAP) em combinacao com o biofeedback (BF) para o tratamento das disfuncoes do assoalho pelvico feminino. Metodos: Revisao sistematica com metanalise. Estrategia de busca: As bases pesquisadas foram: MEDLINE (1966-marco/2011), LILACS (1993-marco/2011), PUBMED (1974-marco/2011), PEDro (1985-marco/2011). Consideraram-se elegiveis os ensaios em lingua inglesa. Criterios de selecao: Ensaios clinicos randomizados e controlados, nos quais o BF foi utilizado como adjuvante ao TMAP no tratamento nas disfuncoes dos musculos do assoalho pelvico (MAP) feminino, tais quais disfuncoes urinarias, anorretais e sexuais. Criterios de exclusao: ensaios nos quais o treinamento dos MAP foi combinado com BF para fins de aprendizagem da contracao muscular do assoalho pelvico; ensaios em que o BF foi utilizado em combinacao com outra terapia; ensaios nos quais o BF foi utilizado apenas como avaliacao dos MAP; e ensaios que recrutaram homens e mulheres, nos quais os dados demograficos e os resultados nao foram reportados separadamente. Coleta dos dados: a extracao de dados e avaliacao de qualidade foi feita independentemente por dois investigadores de acordo com criterios previamente determinados e os resultados foram comparados para determinacao do grau de concordancia. A qualidade metodologica dos estudos foi avaliada pela escala PEDro. Para a metanalise foram extraidas medidas de desfecho continuas, usando modelo de efeito fixo e/ou randomico. Os resultados foram apresentados em medias ponderadas. Resultados: Coletivamente, um total de 22 estudos foram incluidos. Apenas nos ensaios que trataram as disfuncoes urinarias foi possivel fazer uma reuniao de estudos. Comparando TMAP com BF e TMAP sem BF nao foi encontrada relevancia estatistica nos resultados que avaliaram a funcao dos MAP em curto e medio prazo: media 9.89 (95% intervalo de confianca -5.05, 24.83) e 15.03 (95% intervalo de confianca -9.71. 39.78), respectivamente. Conclusao: o TMAP com BF parece nao oferecer beneficios adicionais no tratamento das disfuncoes femininas dos MAP
Palavra-chave Humanos
Feminino
Diafragma da Pelve
Transtornos Urinários
Biorretroalimentação Psicológica
Terapia por Exercício
Revisão
Metanálise
Humanos
Feminino
Idioma Português
Data de publicação 2012
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2012. 146 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 146 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/21985

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta