Avaliacao de desequilibrios genomicos em rearranjos cromossomicos aparentemente equilibrados

Avaliacao de desequilibrios genomicos em rearranjos cromossomicos aparentemente equilibrados

Título alternativo Evaluation of genomic imbalances in apparently balanced chromosomal rearrangements
Autor Mancini, Tatiane Iris Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Os rearranjos aparentemente equilibrados em geral estao associados a fenotipo normal. Entretanto, em alguns casos sao verificadas alteracoes fenotipicas, as quais tem sido atribuidas a diferentes mecanismos patogenicos incluindo ruptura intragenica, delecoes, duplicacoes, efeito de posicao ou podendo ser ainda, uma associacao casual. Objetivo: Investigar pacientes portadores de rearranjos aparentemente equilibrados com fenotipo alterado a fim de identificar desequilibrios genomicos, a funcao dos genes presentes nestes e sua correlacao com o fenotipo dos pacientes. Metodos: Estudo de 12 pacientes com alteracoes cromossomicas previamente identificadas por bandamento G, sendo nove translocacoes de novo, duas inversoes herdadas e um rearranjo complexo de novo. Tecnicas citogeneticas e moleculares, incluindo SNP-array, hibridacao in situ por fluorescencia (FISH) e amplificacao de multiplas sondas dependente de ligacao (MLPA), foram utilizadas para investigar e caracterizar desequilibrios genomicos. Resultados: Em tres dos pacientes estudados, foram identificados desequilibrios genomicos, sob resolucao de 200 kb. O estudo citogenetico e molecular revelou que um dos pacientes, encaminhado como sendo portador de uma translocacao equilibrada, apresentava na realidade uma delecao de 24 Mb no braco longo do cromossomo 4 associada a um isodicentrico de Yp. Em uma paciente com translocacao aparentemente equilibrada, entre os cromossomos 6 e 14, foi revelada uma delecao de 1,1 Mb no braco curto do cromossomo 6. Em outra paciente que apresentava um rearranjo complexo, foram verificadas duas delecoes no braco longo do cromossomo 10, uma delas proxima ao ponto de quebra com tamanho de 1 Mb e uma delecao mais distal, de aproximadamente 7 Mb, provavelmente relacionada ao fenotipo. Dois dos pacientes apresentaram desequilibrios genomicos menores do que 200 kb envolvendo genes que podem estar relacionados ao fenotipo. Conclusoes: As tecnologias moleculares, como os arrays, associadas as tecnicas citogeneticas auxiliam na deteccao de desequilibrios genomicos nao visiveis ao microscopio e no delineamento do papel dos genes envolvidos na variabilidade fenotipica em pacientes com rearranjos aparentemente equilibrados. Alem disso, a caracterizacao molecular das alteracoes encontradas fornece subsidios para um seguimento dos pacientes e para o aconselhamento genetico familiar.
Palavra-chave Humanos
Polimorfismo de Nucleotídeo Único
Análise de Sequência com Séries de Oligonucleotídeos
Hibridização In Situ Fluorescente
Translocação Genética
Inversão Cromossômica
Humanos
Idioma Português
Data de publicação 2012
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2012. 155 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 155 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/21983

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta