Efeito do atenolol e do precondicionamento isquemico na isquemia e reperfusao intestinal em ratos

Efeito do atenolol e do precondicionamento isquemico na isquemia e reperfusao intestinal em ratos

Título alternativo Effect of atenolol and ischemic preconditioning on ischemic and reperfusion of intestine in rats: functional and morphologic study
Autor Campos, Viviane Ferreira Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo. Estudar o efeito do atenolol e do precondionamento isquemico no intestino delgado de ratos submetidos a isquemia e reperfusao intestinal. Metodos: Foi usada uma amostra de 54 ratos EPM-1 Wistar distribuidos em 9 grupos, tendo sido utilizada a arteria mesenterica superior para o procedimento de isquemia e reperfusao; Grupo Io-Shamo, Grupo II u isquemia e solucao salina; Grupo III u isquemia e reperfusao e solucao salina; Grupo IV u Precondicionamento, isquemia e solucao salina; Grupo V u Precondicionamento, isquemia e reperfusao e solucao salina; Grupo VI u Isquemia e atenolol; Grupo VII u Isquemia e reperfusao e atenolol; Grupo VIII u Precondicionamento, isquemia e atenolol; Grupo IX u Precondicionamento, isquemia e reperfusao e atenolol. A solucao salina ou atenolol (1,5mg/kg) foram aplicadas pela veia femoral. Nos Grupos Isquemia (60 minutos) aos 5 minutos antes da mesma. Nos Grupos Isquemia e Reperfusao (120 minutos) 5 minutos antes da isquemia (solucao fisiologica ou atenolol), 5 minutos antes da reperfusao (solucao fisiologica) e aos 55 minutos da reperfusao (solucao fisiologica). O precondicionamento teve 5 minutos de isquemia e 10 minutos de reperfusao aplicado 5 minutos antes da isquemia (atenolol ou solucao fisiologica) e ou isquemia e reperfusao (solucao fisiologica) propriamente dito. Foram retirados segmentos do intestino delgado para estudo da motilidade e da histologia (coloracao HE). Foram utilizados os Testes Estatisticos de Analise de Variancia (ANOVA) e Teste T de Students u Neuman-Keuls. Resultados: O precondicionamento isquemico e atenolol preservaram a motilidade individualmente e com semelhanca na histologia. Quando juntos nao houve o mesmo efeito. Conclusoes: O precondicionamento isquemico protegeu o intestino delgado contra as agressoes da isquemia e reperfusao. O atenolol foi eficaz e eficiente na preservacao da motilidade do intestino delgado submetido a isquemia e reperfusao. Acredita-se que o atenolol atue modulando o poro mitocondrial inibindo a apoptose, e estimule a liberacao de oxido nitrico endotelial gerando vasodilatacao, assim, minimizando os danos isquemicos. A associacao do precondicionamento isquemico e do atenolol nao mostrou nenhuma eficacia em relacao aos procedimentos isolados
Assunto Animais
Atenolol
Precondicionamento Isquêmico
Isquemia
Reperfusão
Intestinos
Traumatismo por Reperfusão
Ratos Wistar
Animais
Idioma Português
Data 2011
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2011. 68 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 68 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/21970

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta