Acidentes ocupacionais com materiais perfurocortantes com exposicao biologica em hospitais da cidade de Montes Claros - MG

Acidentes ocupacionais com materiais perfurocortantes com exposicao biologica em hospitais da cidade de Montes Claros - MG

Título alternativo Occupational accidents with biological exposure to sharps in hospitals in the city of Montes Claros
Autor Ruas, Edna de Freitas Gomes Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Introdução: Os profissionais atuantes na area da Saúde, em especial no ambiente hospitalar, mostram-se expostos a diversas situacoes passiveis de envolvimento em acidentes ocupacionais. A equipe de enfermagem e a mais vulneravel, visto que realiza um grande numero de procedimentos com os pacientes, consequentemente tem um maior contato com os fluidos corporeos dos mesmos e, portanto, maior risco de acidentes com exposicao a material biologico e risco de adquirirem doencas, dentre elas, a Sindrome da ImunodefiCiência Adquirida, hepatite B e C. Assim, diante da importancia que esses acidentes podem desencadear ao individuo exposto, ficamos motivados para conhecer as circunstancias e fatores relacionados, que levam a equipe de enfermagem a sofrer esse tipo de acidente. Objetivos: descrever e caracterizar os acidentes ocupacionais com material perfurocortante e exposicao biologica ocorridos com os trabalhadores de enfermagem. Metodos: Estudo descritivo, retrospectivo, realizado em dois hospitais da cidade de Montes Claros - MG nos anos de 2006 e 2007. Foram incluidos no estudo os profissionais de enfermagem que se acidentaram com materiais perfurocortantes com exposicao biologica. A coleta de dados foi realizada a partir das informacoes discriminadas nas Comunicacoes de Acidentes de Trabalho e nas fichas de notificacao de acidentes biologicos ocupacionais do Servico de Controle de Infeccao Hospitalar dos hospitais em estudo. Resultados: 95 profissionais de enfermagem se acidentaram com materiais perfurocortantes envolvendo material biologico. Predominou o sexo feminino (69,5%) e a categoria profissional de auxiliares de enfermagem com 88,4%. As enfermarias foram os locais onde se registraram mais acidentes (52,6%), com predominio no plantao diurno (77%). O principal agente causador, foram as agulhas com lumen (87,4%), a situacao que mais provocou acidente foi durante o descarte dos objetos (56,8%) e a parte do corpo mais atingida foram as maos com 93%. 64,2% dos profissionais haviam recebido imunizacao contra hepatite B. Em 10,5% das ocorrencias foram necessarios acompanhamentos para soroconversao para HIV, e hepatite C. 55,8% dos profissionais apresentavam imunidade contra a hepatite B (anti-HBs positivo), no entanto, 90,5% tinham resultado negativo para HBsAg e para HIV, somente 1,0% dos profissionais apresentou resultado positivo para hepatite C pos-acidente. Conclusao: Nota-se que os acidentes de trabalho sao uma realidade muito presente no dia a dia dos trabalhadores da area da Saúde. No contexto dos acidentes, os com material perfurocortante obteve um indice mais expressivo e as agulhas com lumen foram os maiores viloes dessa historia, o que nos leva a inferir que a politica de seguranca no trabalho, com o uso de dispositivos seguros, ainda e uma pratica distante nas instituicoes estudadas. O profissional do sexo feminino e os auxiliares de enfermagem continuam se acidentando mais. Conhecer a epidemiologia destes acidentes e fundamental para direcionar acoes preventivas nas instituicoes de Saúde, tais como, educacao permanente sobre biosseguranca visando diminuir os indices de acidente do trabalho e do consequente risco de contaminacao. Ressalta-se a importancia da notificacao dos acidentes e a uniformidade das condutas, principalmente na coleta e descricao das informacoes sobre o acidente
Palavra-chave Humanos
Acidentes de Trabalho
Riscos Ocupacionais
Enfermeiros
Recursos Humanos de Enfermagem
Ferimentos Perfurantes
Humanos
Idioma Português
Data de publicação 2011
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2011. 87 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 87 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/21965

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta