Aloimunizacao eritrocitaria e leucocitaria em pacientes com doenca falciforme

Aloimunizacao eritrocitaria e leucocitaria em pacientes com doenca falciforme

Título alternativo Red cell and leucocyte alloimmunization in patients with sickle cell disease
Autor Castro, Bianca de Souza Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: Determinar e comparar a frequencia fenotipica eritrocitaria de doadores de sangue do Hemocentro do Hospital São Paulo e de pacientes portadores de doenca falciforme atendidos nos ambulatorios de Hematologia e Hematologia Pediatrica do Hospital São Paulo, bem como determinar a taxa de aloimunizacao eritrocitaria e HLA nestes pacientes. Metodos: Foram avaliados 200 doadores de sangue e 127 pacientes portadores de doenca falciforme, com idade variando de tres meses a 47 anos (mediana = 15 anos), sendo 72 criancas (42 genero feminino) e 55 adultos (35 genero feminino). Os individuos foram submetidos a fenotipagem eritrocitaria dos sistemas ABO, Rh, P1, Lewis, Lutheran, Kell, Kidd, MNS e Duffy, atraves da tecnica de hemaglutinacao, utilizando-se cartao gel-teste especifico. Para os pacientes foram realizados ainda os testes de Coombs indireto, Coombs direto, identificacao de aloanticorpos e pesquisa de autoanticorpos. A pesquisa de anticorpos anti-HLA classe I ou II foi realizada em 121 pacientes pela tecnica de ELISA. Resultados: Houve diferenca estatisticamente significante na expressao dos antigenos eritrocitarios entre doadores e pacientes portadores de doenca falciforme para os antigenos c (84,5% vs 92,0% p= 0,042) e Lub (75,5% vs 90,0% p= 0,001). Entre 82 pacientes que receberam transfusao de sangue (51 mulheres e 31 homens), 15 deles (18,5%) foram aloimunizados por antigenos eritrocitarios, sendo a maioria homens, adultos ou pacientes que receberam um numero maior que 10 transfusoes. Foram encontrados 19 aloanticorpos eritrocitarios, compreendendo anti-D (5), anti-C (4), anti-E (6), anti-K (1), anti-Lea (1), anti-Leb (1) e anti-S (1). A pesquisa de anticorpos anti-HLA revelou 45 pacientes aloimunizados (37,2%), sendo que destes, 26 (21,5%) apresentavam anti-HLA classe I, dois (1,65%) apresentavam anti-HLA classe II e 17 (14,0%) apresentavam anti-HLA classes I e II simultaneamente. Dos 45 pacientes aloimunizados pelos antigenos HLA, 14 pacientes nao tinham historia de transfusao previa. Quanto a gestacao quatro mulheres tiveram gestacao e transfusao anterior e tres tiveram gestacao anterior, mas sem transfusao previa, sendo que apenas uma mulher apresentou anticorpos anti-HLA. Conclusao: A fenotipagem ampliada parece nao oferecer protecao clinicamente significativa quanto a taxa de aloimunizacao, devido a existencia de similaridade no padrao imunofenotipico dos antigenos eritrocitarios da populacao estudada. A aloimunizacao nesse estudo foi maior em individuos homens, adultos ou naqueles que receberam mais que 10 transfusoes. Nenhuma mulher com gestacao anterior foi aloimunizada por antigenos eritrocitarios. Como a aloimunizacao HLA deve ter ocorrido pela presenca de antigenos Bg (Bennett-Goodspeed) nas hemacias, e provavel que, no caso de aloimunizacao HLA sem historia de gestacao e/ou transfusao previa, a aloimunizacao possa ter ocorrido por uma reacao cruzada por epitopos encontrados em microorganismos, proteinas ingeridas ou alergenos
Assunto Humanos
Fenótipo
Eritrócitos
Antígenos HLA
Imunização
Doadores de Sangue
Anemia Falciforme
Humanos
Idioma Português
Data 2011
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2011. 118 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 118 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/21950

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)