Aloimunizacao eritrocitaria e leucocitaria em pacientes com doenca falciforme

Aloimunizacao eritrocitaria e leucocitaria em pacientes com doenca falciforme

Título alternativo Red cell and leucocyte alloimmunization in patients with sickle cell disease
Autor Castro, Bianca de Souza Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: Determinar e comparar a frequencia fenotipica eritrocitaria de doadores de sangue do Hemocentro do Hospital São Paulo e de pacientes portadores de doenca falciforme atendidos nos ambulatorios de Hematologia e Hematologia Pediatrica do Hospital São Paulo, bem como determinar a taxa de aloimunizacao eritrocitaria e HLA nestes pacientes. Metodos: Foram avaliados 200 doadores de sangue e 127 pacientes portadores de doenca falciforme, com idade variando de tres meses a 47 anos (mediana = 15 anos), sendo 72 criancas (42 genero feminino) e 55 adultos (35 genero feminino). Os individuos foram submetidos a fenotipagem eritrocitaria dos sistemas ABO, Rh, P1, Lewis, Lutheran, Kell, Kidd, MNS e Duffy, atraves da tecnica de hemaglutinacao, utilizando-se cartao gel-teste especifico. Para os pacientes foram realizados ainda os testes de Coombs indireto, Coombs direto, identificacao de aloanticorpos e pesquisa de autoanticorpos. A pesquisa de anticorpos anti-HLA classe I ou II foi realizada em 121 pacientes pela tecnica de ELISA. Resultados: Houve diferenca estatisticamente significante na expressao dos antigenos eritrocitarios entre doadores e pacientes portadores de doenca falciforme para os antigenos c (84,5% vs 92,0% p= 0,042) e Lub (75,5% vs 90,0% p= 0,001). Entre 82 pacientes que receberam transfusao de sangue (51 mulheres e 31 homens), 15 deles (18,5%) foram aloimunizados por antigenos eritrocitarios, sendo a maioria homens, adultos ou pacientes que receberam um numero maior que 10 transfusoes. Foram encontrados 19 aloanticorpos eritrocitarios, compreendendo anti-D (5), anti-C (4), anti-E (6), anti-K (1), anti-Lea (1), anti-Leb (1) e anti-S (1). A pesquisa de anticorpos anti-HLA revelou 45 pacientes aloimunizados (37,2%), sendo que destes, 26 (21,5%) apresentavam anti-HLA classe I, dois (1,65%) apresentavam anti-HLA classe II e 17 (14,0%) apresentavam anti-HLA classes I e II simultaneamente. Dos 45 pacientes aloimunizados pelos antigenos HLA, 14 pacientes nao tinham historia de transfusao previa. Quanto a gestacao quatro mulheres tiveram gestacao e transfusao anterior e tres tiveram gestacao anterior, mas sem transfusao previa, sendo que apenas uma mulher apresentou anticorpos anti-HLA. Conclusao: A fenotipagem ampliada parece nao oferecer protecao clinicamente significativa quanto a taxa de aloimunizacao, devido a existencia de similaridade no padrao imunofenotipico dos antigenos eritrocitarios da populacao estudada. A aloimunizacao nesse estudo foi maior em individuos homens, adultos ou naqueles que receberam mais que 10 transfusoes. Nenhuma mulher com gestacao anterior foi aloimunizada por antigenos eritrocitarios. Como a aloimunizacao HLA deve ter ocorrido pela presenca de antigenos Bg (Bennett-Goodspeed) nas hemacias, e provavel que, no caso de aloimunizacao HLA sem historia de gestacao e/ou transfusao previa, a aloimunizacao possa ter ocorrido por uma reacao cruzada por epitopos encontrados em microorganismos, proteinas ingeridas ou alergenos
Palavra-chave Humanos
Fenótipo
Eritrócitos
Antígenos HLA
Imunização
Doadores de Sangue
Anemia Falciforme
Humanos
Idioma Português
Data de publicação 2011
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2011. 118 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 118 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/21950

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta