Emprego da tecnica SELDI-TOF/MS na pesquisa de protobiomarcadores

Emprego da tecnica SELDI-TOF/MS na pesquisa de protobiomarcadores

Título alternativo The use of the SELDI-TOF/MS technique in the search for proto-biomarkers
Autor Dambros, Mara Celia Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: Analisar o perfil proteomico do plasma seminal e identificacao de possiveis protobiomarcadores associados a fertilidade em bovinos da raca holandesa. Material e Metodos: Foram utilizados semen de 10 bovinos machos nao castrados da raca Holandesa, criados em pastagens com idade entre 2 a 7 anos. Foram recolhidas amostras de semen por meio de eletroejaculacao, sendo as amostras submetidas a dosagem de proteina total (PT) para padronizacao da quantidade de proteinas aplicada no gel de eletroforese. As dosagens foram realizadas atraves do metodo de Bradford. A interacao com as proteinas retidas e a EAM (Energy Absorbing Matrix sinapinic acid), apos a secagem, formou cristais que possibilitaram a analise individual das proteinas e peptideos, atraves do sistema SELDI-TOF/MS. Os resultados de dosagem de proteinas totais foram submetidos a analise de variancia SAS/LAB, utilizando-se do software SAS 8.0 e as medias entre os grupos de fertilidade foram comparadas pelo Teste de Tuckey. Resultados: Os valores encontrados na determinacao de proteina total do plasma seminal foram de 0,86 mg/ml nas amostras do grupo I (alta fertilidade), enquanto que nas amostras dos reprodutores do grupo II foram de 1,20 mg/ml (baixa fertilidade) (p<0,01). Foram detectados atraves da metodologia de SELDI-TOF/MS, 1232 picos correspondentes a proteinas do semen. Apos a selecao de proteinas com intensidade logaritimica significativamente acima do valor da intensidade do ruido de fundo (p<0,01), resultou 727 picos de massa molecular entre 1.012 e 27.254 kDA. Observou-se 275 picos no grupo I com massa molecular entre 1.102 e 21.165 kDa e 452 picos de proteinas no grupo II, com massa molecular entre 1.012 e 27. 254 kDa, demonstrando menos proteinas expressas em animais considerados de alta fertilidade. Conclusao: A analise do perfil proteico do plasma seminal de bovinos da raca holandesa demonstrou a presenca de protobiomarcadores de massa molecular diferente no grupo de alta e baixa fertilidade, possibilitando o desenvolvimento futuro de marcadores para a identificacao de caracteristicas associada a fertilidade bovina
Palavra-chave Animais
Proteínas
Fertilidade
Sêmen
Biomarcadores Farmacológicos
Bovinos
Animais
Idioma Português
Data de publicação 2011
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2011. 69 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 69 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/21939

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta