Polimorfismos de genes dos receptores de progesterona, do receptor de IL-1 e do VEGF e o aborto espontâneo de repetição

Polimorfismos de genes dos receptores de progesterona, do receptor de IL-1 e do VEGF e o aborto espontâneo de repetição

Título alternativo Progesterone and IL-1 receptors and VEGF gene polymorphisms in women with recurrent spontaneous abortions
Autor Traina, Evelyn Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Mattar, Rosiane Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: avaliar se polimorfismos de genes que codificam a expressao do receptor de progesterona (PROGINS), do receptor de IL-1 (Pst I) e do fator de crescimento endotelial vascular (-634C/G e 936C/T) podem estar relacionados a ocorrencia de aborto espontaneo de repeticao. Pacientes e metodos: o estudo tem carater caso-controle. Para o grupo caso foram selecionadas pacientes com antecedente de pelo menos tres abortos espontaneos consecutivos (AER), sem etiologia definida. O grupo controle foi composto por mulheres com pelo menos duas gestacoes de termo sem intercorrencias e sem antecedentes de abortamento. Realizada coleta de sangue por puncao venosa periferica e extracao do DNA pelo metodo DTAB/CTAB. As genotipagens foram realizadas por reacao de polimerase em cadeia, seguida de diGestão por enzima de restricao, quando necessario. Resultados: 89 pacientes foram incluidas no grupo caso e 191 no grupo controle. As frequencias encontradas para o polimorfismo PROGINS foram de 72,3% T1/T1 e 27,7% T1/T2 no grupo com AER e 76,4% T1/T1, 22,3% T1/T2 e 1,3% T2/T2 no grupo controle. Nao houve diferencas entre os grupos, analisando-se as frequencias genotipicas (p=0,481) e alelicas (p=0,656). Para o polimorfismo Pst I: grupo com AER − 19,5% CC, 58,4% CT e 22,1% TT; grupo controle − 23,2% CC, 57,4% CT, 19,4% TT. Nao foram encontradas diferencas significantes considerando-se os modelos de heranca co-dominante (p=0,769), dominante (p=0,517) e alelos (p=0,512). Os genotipos encontrados para o polimorfismo -634C/G foram: 22,1% CC, 48,1% CG e 29,9% GG no grupo caso e 12,9% CC, 55,3% CG e 31,8% GG no grupo controle. Os valores encontrados para analises em modelos co-dominante, dominante e frequencias alelicas foram respectivamente de p=0,300; p=0,125 e p=0,317. Na analise do polimorfismo 936C/T, as frequencias do grupo com AER foram de 73,8% CC, 25,0% CT, 1,3% TT e no grupo controle, 78,3% CC, 20,9% CT, 0,8% TT, resultando valores de p=0,451 e p=0,446, respectivamente, para analise dos genotipos em modelo dominante e de alelos. Conclusoes: Nao foi observada associacao entre os polimorfismos de genes que codificam a expressao de receptores de progesterona (PROGINS), de receptor de IL- 1 (Pst I) e de VEGF (-634C/G e 936C/T) e a ocorrencia de aborto espontaneo de repeticao
Palavra-chave Humanos
Feminino
Aborto Habitual
Polimorfismo
Receptores de Progesterona
Interleucina-1
Humans
Female
Abortion, Habitual
Polymorphism
Receptors, Progesterone
Interleukin-1
Idioma Português
Data de publicação 2008
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2008. 130 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 130 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/21924

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta