Correlacao do perfil lipidico com a intensidade de proteinuria em gestantes com pre-eclampsia

Correlacao do perfil lipidico com a intensidade de proteinuria em gestantes com pre-eclampsia

Título alternativo Correlation of the lipids profile with the proteinuria in pregnancy complicated by preeclampsia
Autor Lima, Valmir Jose de Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: Avaliar o perfil lipidico em pacientes portadoras de pre-eclampsia por dosagens de colesterol total, fracoes e triglicerides e verificar possiveis correlacoes entre estas concentracoes e a intensidade de proteinuria de 24h. Metodos: Estudo transversal tipo caso-controle, em 42 pacientes com preeclampsia e 35 controles constituidos por gestantes normais, atendidas Hospital Dorio Silva, localizado na Grande Vitoria (ES) no periodo de Junho de 2005 a Janeiro de 2008. Foram dosadas as concentracoes plasmaticas de triglicerides, colesterol total e fracoes (LDL, HDL e VLDL), apos jejum de 12 horas. Foram adotados os criterios da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) para faixas de normalidade do perfil lipidico. A proteinuria foi avaliada em urina de 24 horas. Os grupos foram pareados em relacao a idade materna, periodo gestacional, indice de massa corporea e raca. Resultados: As pacientes com PE apresentaram maior frequencia de valores de colesterol total e triglicerides nas faixas consideradas aumentadas segundo os criterios da SBC. Nas comparacoes das medias entre os grupos, apuramos diferencas estatisticamente significantes apenas nas concentracoes de VLDL e triglicerides nas pacientes com preeclampsia. Quanto a correlacao entre o perfil lipidico estudado, verificamos que em pacientes com pre-eclampsia existe associacao positiva entre a elevacao da proteinuria e maiores taxas de VLDL e triglicerides. Conclusao: Gestantes com pre-eclampsia apresentam maior frequencia de concentracoes de colesterol e triglicerides nas faixas de anormalidade da SBC e tem medias mais elevadas de triglicerides e fracao VLDL em relacao a gestantes normais. Da mesma forma, estes valores parecem ter associacao positiva com a elevacao da proteinuria, sugerindo que o agravamento do processo fisiopatologico e acompanhado de anormalidades metabolicas. Nossos achados permitem considerar que pacientes acometidas por pre-eclampsia devam receber seguimento diferenciado ao longo de sua vida, tendo em vista maior risco de eventos cardiovasculares
Palavra-chave Humanos
Feminino
Pré-Eclâmpsia
Lipídeos
Proteinúria
Hipertensão
Humanos
Feminino
Idioma Português
Data de publicação 2008
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2008. 68 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 68 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/21923

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta