O sentido de vida para pessoas em situacao de rua

O sentido de vida para pessoas em situacao de rua

Título alternativo The meaning of life for people that are living in the streets
Autor Rosa, Anderson da Silva Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Este estudo qualitativo teve por objetivo conhecer o sentido de vida atribuido por quatro pessoas em situacao de rua em um centro comunitario de atendimento a essa populacao na cidade de São Paulo. Utilizamos o metodo da Historia Oral, modalidade tematica, e a tecnica da entrevista, precedidos de cerca de 60 horas de observacao da situacao de rua em quatro pontos da cidade a fim de nos aproximarmos da tematica estudada. A apresentacao das narrativas foi sistematizada em sete eixos tematicos: A vida na rua: um quebracabeca sem fim; Droga licita e ilicita: fuga da realidade e companheira da solidao; Trabalho as sombras: a unica possibilidade?; Discriminacao: da desigualdade a dessemelhanca; A necessidade de um rumo: por que acordar todos os dias?; Cuidado: apenas um ato, falta atitude; e, Uma mulher na rua: quantas novas questoes.... Depreendemos que as condicoes precarias de vida que a rua oferece influenciam a percepcao e as necessidades das pessoas que nela se encontram. Sua sobrevida implica em um quebra cabeca sem fim u as relacoes sociais sao complexas: tem dificuldade de reinsercao ao mercado de trabalho, reinventando formas peculiares para trabalhar nas ruas u trabalho oas sombraso-; sao duplamente discriminados, pela sociedade e pelo Estado; vivem a contradicao de consumir drogas licitas e/ou ilicitas para amenizar o sofrimento e ao mesmo tempo precisar se livrar delas para sair das ruas. A nocao do tempo e alterada, passam a viver o presente imediato u o minuto. O sentido de suas vidas e conferido aos filhos, a familia e a Deus, porem, todos referiram que em algum momento de suas trajetorias ficaram sem sentidos e aventaram a possibilidade de suicidio. Vivem o gozo de uma vida passada, que mesmo repleta de dificuldade era melhor do que a sua situacao presente. O futuro e incerto e projecoes em longo prazo, quando nao sao evitadas, remetem a vida anterior a situacao de rua, ao restabelecimento de vinculos sociais perdidos, a possibilidade de sustento e convivio familiar. Afirmam que a felicidade nao existe ou esta perdida e que o sorriso que expressam nao e de alegria e sim de sociabilidade. Este estudo reforcou nossas crencas de que o cuidado, na perspectiva ontologica, a esta populacao requer a compreensao dos significados u valores, atitudes, crencas - que as pessoas em situacao de rua conferem as suas vidas
Palavra-chave Humanos
Moradores de Rua
Moradores de Rua/psicologia
Valor da Vida
Humanos
Idioma Português
Data de publicação 2008
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2008. 141 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 141 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/21922

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta