Desenvolvimento de duas matrizes de multiplos eletrodos dedicadas ao estudo eletrofisiologico da circuitaria hipocampal do rato Wistar

Desenvolvimento de duas matrizes de multiplos eletrodos dedicadas ao estudo eletrofisiologico da circuitaria hipocampal do rato Wistar

Título alternativo Development of two multiple electrodes arrays dedicated to the electrophysiological study of the Wistar rat hippocambal circuitry
Autor Scussel, Mauricio Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Compreender como a informacao e codificada nas redes neurais continua sendo um dos maiores desafios para a neuroCiência. Um possivel caminho para entender como funciona uma rede neural especifica e viabilizado pelo estudo eletrofisiologico de fatias hipocampais com as matrizes de multiplos eletrodos (MME). Assim, nesta tese, descrevem-se duas novas matrizes de multiplos eletrodos idealizadas e fabricadas para facilitar o estudo in vitro da dinamica da rede neural do hipocampo em sub-regioes especificas. Escolheu-se estudar dois subsistemas do hipocampo: o primeiro esta voltado para a regiao das fibras colaterais de Schaffer e o outro as fibras musgosas. Para possibilitar este estudo duas MMEs foram desenvolvidas com trilhas de ouro e com distribuicoes matematicamente aproximadas para alcancar as principais camadas celulares do hipocampo u a camada piramidal no hipocampo propriamente dita, e as celulas granulares no giro dentado. Desta forma, a primeira MME foi desenhada com os eletrodos distribuidos nas regioes CA1 ate CA3 u colateral de Schaffer, e a segunda para englobar as regioes do GD e CA3 u fibras musgosas. Com esta distribuicao foi possivel registrar potenciais de acao advindos de 58 pontos distintos do circuito, com a possibilidade de definir a origem e a dinamica dos sinais nestas redes. Para verificar a funcionalidade destas MME foram feitos experimentos com o intuito de observar atividades espontaneas, curvas de entrada e saida (E/S), resposta do tecido ao protocolo de Potenciacao de Longa Duracao e para observar a influencia do estimulo quimico da gabazina nos registros eletrofisiologicos. Desta forma, foi possivel observar que as MMEs, produzidas de acordo com a proposta inicial desta tese, funcionam adequadamente para o registro dos circuitos hipocampais seguindo o desenho dos padroes previamente estabelecidos, tambem, neste trabalho
Palavra-chave Animais
Eletrofisiologia
Eletrodos
Hipocampo
Ratos Wistar
Animais
Idioma Português
Data de publicação 2012
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2012. 104 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 104 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/21902

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta