Efeito da posicao do dreno pleural na forca muscular respiratoria, oxigenacao e dor toracica apos a cirurgia de revascularizacao do miocardio sem circulacao extracorporea

Show simple item record

dc.contributor.author Cancio, Andreia Azevedo [UNIFESP]
dc.date.accessioned 2015-12-06T23:45:10Z
dc.date.available 2015-12-06T23:45:10Z
dc.date.issued 2011
dc.identifier.citation São Paulo: [s.n.], 2011. 82 p.
dc.identifier.uri http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/21891
dc.description.abstract Avaliar a forca muscular respiratoria, oxigenacao e dor toracica em pacientes submetidos a cirurgia de revascularizacao do miocardio sem circulacao extracorporea com uso da arteria toracica interna comparando a exteriorizacao do dreno pleural na regiao subxifoidea versus regiao lateral. Metodo: Quarenta pacientes foram randomizados em dois grupos. Grupo (IL) (n=19) - dreno pleural exteriorizado na regiao intercostal; Grupo (IS) (n=21) dreno pleural exteriorizado na regiao medial ou subxifoidea. Todos os pacientes foram submetidos a avaliacao da forca muscular respiratoria (inspiratoria e expiratoria) no pre, primeiro, terceiro e quinto dias de pos-operatorio. Gasometria arterial foi coletada no pre e primeiro dia de pos-operatorio. A sensacao de dor foi quantificada do primeiro, terceiro e quinto dia de pos-operatorio. Resultados: Em ambos os grupos houve queda significativa da forca muscular respiratoria (inspiratoria e expiratoria) ate o quinto dia de posoperatorio (p<0,05). Quando comparados, a diferenca entre os grupos se manteve significante, com maior queda no grupo IL (p<0,05). Houve uma queda da oxigenacao arterial em ambos os grupos (p<0,05), porem quando comparados a oxigenacao foi menor no foi IL (p<0,05). A dor referida foi maior do primeiro ao quinto dia no grupo IL (p<0,05). Tempo de ventilacao mecanica e dias de permanencia hospitalar no pos-operatorio foi maior no grupo IL (p<0,05). Conclusao: Apos a cirurgia de revascularizacao do miocardio sem circulacao extracorporea, os pacientes submetidos a drenagem pleural na regiao subxifoidea apresentaram menor queda da forca muscular respiratoria, melhor preservacao da oxigenacao arterial e menor dor quando comparado aos pacientes com insercao do dreno na regiao intercostal pt
dc.format.extent 82 p.
dc.language.iso por
dc.publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rights Acesso restrito
dc.subject Humanos pt
dc.subject Revascularização Miocárdica pt
dc.subject Artéria Torácica Interna pt
dc.subject Testes de Função Respiratória pt
dc.subject Força Muscular pt
dc.subject Músculos Respiratórios pt
dc.subject Cateteres pt
dc.subject Cavidade Pleural pt
dc.subject Ensaio Clínico Controlado Aleatório pt
dc.title Efeito da posicao do dreno pleural na forca muscular respiratoria, oxigenacao e dor toracica apos a cirurgia de revascularizacao do miocardio sem circulacao extracorporea pt
dc.title.alternative Effect of pleural drain site in respiratory muscle strength,oxygenation and chest pain after off-pump coronary artery bypass grafting: a randomized controlled clinical trial en
dc.type Tese de doutorado
dc.identifier.file epm-2062617515764.pdf
dc.description.source BV UNIFESP: Teses e dissertações
unifesp.campus Universidade Federal de São Paulo, Escola Paulista de Medicina, Programa de Pós-graduação em Cardiologia pt
dc.subject.decs Humanos pt



File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search


Browse

Statistics

My Account