Reabilitação do equilíbrio corporal com estímulos de realidade virtual na doença de Meniére

Reabilitação do equilíbrio corporal com estímulos de realidade virtual na doença de Meniére

Título alternativo Balance rehabilitation with virtual reality stimuli in Meniére's Disease
Autor Garcia, Adriana Pontin Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Caovilla, Heloisa Helena Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Verificar o efeito de um programa de reabilitacao do equilibrio corporal com estimulos de realidade virtual em pacientes com doenca de Meniere. Metodo: 44 pacientes, com idade entre 18 e 60 anos e doenca de Meniere definida, participaram deste estudo clinico observacional de terapeutica aleatorizado e controlado. O grupo experimental e o grupo controle fizeram uso de betaistina e dieta alimentar; o grupo experimental foi submetido adicionalmente a 12 sessoes de reabilitacao com estimulos de realidade virtual do Balance Rehabilitation Unit (BRUTM). Os pacientes responderam ao Dizziness Handicap Inventory (DHI), a escala analogica de tontura e realizaram a posturografia com realidade virtual antes e apos a intervencao. Resultados: Antes da intervencao, o grupo experimental e o grupo controle foram semelhantes quanto aos valores do DHI, da escala analogica de tontura, da area do limite de estabilidade, da area do centro de pressao (CoP) e da velocidade de oscilacao em todas as condicoes sensoriais da posturografia. Apos a intervencao, o grupo experimental apresentou valores significantemente menores do DHI (p<0,001) e da escala analogica de tontura (p=0,012) e valores significantemente maiores da area do limite de estabilidade (p=0,016), em comparacao com o grupo controle. No grupo experimental, a comparacao antes e apos a intervencao, o DHI (p<0,001), a escala analogica de tontura (p<0,001), a area do CoP nas condicoes de superficie fixa e olhos fechados (p=0,026) e de superficie instavel e olhos fechados (p=0,042) e a velocidade de oscilacao na condicao de superficie instavel e olhos fechados (p=0,021) apresentaram valores significantemente menores; e, a area do limite de estabilidade (p<0,001) e a velocidade de oscilacao nas condicoes de estimulacao sacadica e interacao visuo-vestibular na direcao vertical (p=0,039) apresentaram valores significantemente maiores. No grupo controle, a comparacao antes e apos a intervencao, a escala analogica de tontura (p=0,009) revelou valores significantemente menores. Conclusao: A reabilitacao do equilibrio corporal com estimulos de realidade virtual e eficaz na melhora da tontura, da qualidade de vida e do limite de estabilidade de pacientes com doenca de Meniere
Palavra-chave Humanos
Tontura/reabilitação
Equilíbrio postural
Reabilitação
Doença de Meniére
Idioma Português
Data de publicação 2012
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2012. 54 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 54 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/21890

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta