Treinamento auditivo formal em individuos apos traumatismo cranioencefalico

Treinamento auditivo formal em individuos apos traumatismo cranioencefalico

Título alternativo Formal auditory training in traumatic brain injury patients
Autor Marangoni, Andrea Tortosa Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Verificar os efeitos de um programa de treinamento auditivo formal na audicao de individuos apos traumatismo cranioencefalico por meio de testes comportamentais e eletrofisiologicos. Metodo: O estudo foi realizado em nove individuos audiologicamente normais com idades entre 20 e 37 anos que haviam sofrido traumatismo cranioencefalico grave ha em media 11 meses com exame de imagem que evidenciava lesao axional difusa com ou sem lesao focal associada. Foram submetidos a um programa de treinamento auditivo formal em cabina acustica, organizado em oito sessoes de 45 minutos cada, visando o treinamento das habilidades auditivas de ordenacao temporal (aspecto de frequencia e duracao dos sons), fechamento auditivo e figura-fundo para sons verbais e nao verbais em tarefas de escuta monotica e dicotica. As sessoes e as atividades dentro de cada sessao foram organizadas em ordem crescente de complexidade de modo a desafiar o sistema auditivo. Para verificar a eficacia do treinamento auditivo, todos os pacientes foram submetidos a avaliacao comportamental e eletrofisiologica do processamento auditivo pre e apos treinamento auditivo formal. Resultados: Na analise qualitativa da avaliacao eletrofisiologica, observou-se que 22% apresentaram alteracao no potencial evocado auditivo de tronco encefalico pre treinamento auditivo formal, caracterizada por alteracao de tronco encefalico baixo (11%) e por alteracao difusa de tronco encefalico (11%). Pos treinamento, 11% apresentaram alteracao neste potencial, passando de alteracao difusa de tronco encefalico para alteracao de tronco encefalico alto. Na analise quantitativa, observou-se que os individuos apresentaram melhora significativa das latencias absolutas das ondas III e V, do intervalo interpico I-V e da amplitude da onda V pos treinamento auditivo. Ja no P300, nao foram encontradas diferencas significativas na analise quantitativa e verificou-se na analise qualitativa que 33% apresentaram alteracao pre treinamento caracterizadas por aumento de latencia ou ausencia do componente P3, enquanto que pos treinamento auditivo formal, 22% mantiveram-se alterados somente devido ao aumento da latencia. Quanto a avaliacao comportamental do processamento auditivo, observou-se que dos 100% dos individuos que apresentavam alteracao pre treinamento auditivo, 22% normalizaram a avaliacao pos treinamento. Alem disto, verificou-se melhora em todos os testes apos o treinamento, sendo estatisticamente significante para: memoria sequencial para sons nao-verbais (4 sons), identificacao de sentencas sinteticas (mensagem competitiva ipsilateral), teste dicotico de dissilabos alternados u SSW e teste padrao de duracao. Quanto aos processos gnosicos alterados, observou-se que apos o treinamento auditivo, todos apresentaram melhora, sendo significante para codificacao (perda gradual de memoria e integracao sensorial) e organizacao. Conclusao: Individuos com lesao axional difusa apos sofrerem traumatismo cranioencefalico grave, apresentam frente ao treinamento auditivo formal: diminuicao das latencias absolutas das ondas III e V e do intervalo interpico I-V, e aumento da amplitude da onda V no potencial evocado auditivo de tronco encefalico; e adequacao das habilidades auditivas de figura-fundo para sons verbais, ordenacao e resolucao temporal, evidenciadas na avaliacao comportamental do processamento auditivo
Palavra-chave Humanos
Capacitação
Plasticidade Neuronal
Traumatismos Encefálicos
Humanos
Idioma Português
Data de publicação 2012
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2012. 114 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 114 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/21887

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta