Analise de HV1 E HV2 do DNA mitocondrial de uma amostra de individuos da cidade de São Paulo

Analise de HV1 E HV2 do DNA mitocondrial de uma amostra de individuos da cidade de São Paulo

Título alternativo HV1 and HV2 analysis of mitochondrial DNA from a sample of individuals from the City of São Paulo. Forensic aspects and study of heteroplasmy
Autor Godoy, Carla Daniele de Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Em amostras biologicas em que a quantidade de DNA e muito pequena ou muito degradada ha uma maior probabilidade de se obter um perfil de DNA mitocondrial.Objetivos: Analisar os haplotipos mais frequentes em uma amostra da populacao da Cidade de São Paulo e estudo de heteroplasmia do DNA mitocondrial. Material e Metodo: Amostras de sangue, cabelos e pelos pubianos foram obtidos de 200 individuos. O DNA de sangue foi obtido por extracao salina. Foram selecionadas amostras de cabelos e de pelos pubianos, de 25 homens para estudo de heteroplasmia do DNA mitocondrial.Tres fios de cabelo foram agrupadas e divididas em secoes 0,5 cm: com bulbo, e outro com 2 cm, na porcao proximal, sem bulbo. A extracao do DNA de amostras de cabelo foi realizada utilizando QIAamp DNA Micro Kit (QIAGEN) e fenol/cloroformio. O DNA extraido foi quantificado por espectrofotometria (NanoDropTM). Foi realizada a amplificacao por PCR de HV1 e HV2 e analise em gel de agarose a 1%. Os produtos amplificados foram purificados, sequenciados e analisados no sequenciador capilar ABI 3130 Genetic Analyser (Applied Biosystems). Para garantir que as amostras de cabelo e pelo pubiano pertencem aos mesmos individuos, o Kit de Identificacao Humana AmpFLSTR Identifiler® Plus PCR Amplification Kit (Applied Biosystems) foi utilizado. Resultados: Nao houve diferenca estatistica significativa entre a concentracao de DNA das amostras de cabelo com bulbo e sem bulbo, bem como para as amostras de pelo pubiano com bulbo e sem bulbo. Cento e noventa e tres haplotipos diferentes foram detectados. A linhagem predominante foi a Africana (39%), seguida pela Amerindia-Asiatica (29,5%) e Europeia (25%). A heteroplasmia de comprimento ocorreu em 24% das amostras para HV1 e 16,5% em HV2 e a heteroplasmia de sequencia foi detectada na amostra de sangue de um unico individuo. A genotipagem realizada em amostras de cabelo e pelo pubiano com bulbo teve uma taxa de sucesso superior a 50% para um perfil completo (15 STR e amelogenina) em ambos os tipos de amostra. A taxa de sucesso geral obtida na extracao de DNA de cabelo e pelo pubiano foi de aproximadamente 60% e a taxa de sucesso obtida no sequenciamento foi superior para amostras de pelo pubiano. A heteroplasmia de sequencia foi detectada em uma amostra de cabelo sem bulbo na posicao hotspot 16192. Conclusao: A linhagem mais frequente foi a Africana evidenciando a contribuicao haplotipica desta populacao na Cidade de São Paulo. A amostra estudada e heterogenea visto que 193 haplotipos distintos foram determinados. Amostras de pelo pubiano apresentaram melhores resultados na analise do DNA mitocondrial quando comparados com fios de cabelo. Os dados apresentados sao importantes na pratica forense em laboratorios cientificos
Palavra-chave Masculino
Humanos
DNA Mitocondrial
Antropologia Forense
Identificação de Vítimas
Masculino
Humanos
Idioma Português
Data de publicação 2011
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2011. 18 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 18 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/21869

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta