Uso do adesivo de fibrina na anastomose esôfago-esofágica cervical, em cães

Uso do adesivo de fibrina na anastomose esôfago-esofágica cervical, em cães

Título alternativo The use of fibrin adhesive in the esophagus-esophageal cervical anastomosis, in dogs
Autor Prado Filho, Orlando Ribeiro Google Scholar
Fagundes, Djalma José Autor UNIFESP Google Scholar
Nigro, Amaury José Teixeira Autor UNIFESP Google Scholar
Bandeira, César Orlando Peralta Google Scholar
Novo, Neil Ferreira Autor UNIFESP Google Scholar
Juliano, Yara Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Estadual de Maringá Departamento de Medicina
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo BACKGROUND: The aim of this research was to study the effects of the use of fibrin adhesive with the surgical technique of submucosa invagination, in esophageal anastomosis. METHODS: Thirty two dogs operated on for esophageal anastomosis, were distributed in two groups: group I with encircling suture of twelve stitches, and group II with encircling suture of four stitches and fibrin sealant. The anastomosis was evaluated in the 7th and 14th post-operative day. Weight evolution, stenosis rate, presence of dehiscence and fistulae, presence of secretion around the anastomosis, presence of interstitial liquid, protean matrix, number of cells, fibroblasts, collagen fibers and the hydroxyproline concentration in the anastomosis were analysed. RESULTS: The stenosis rate was lower in the group I in the 7th post-operative day. The incidence of fistulae was significant in group II on the 7th day, as well as the presence of dehiscence, serosa secretion and suppurative secretion at the 7th and 14th day. Concerning hydroxyproline tissue concentration there was no statistical difference among the groups. The fibroblasts and collagen fibers were more numerous in group II at 14th day. There were four deaths in animals of group II. CONCLUSION: We concluded that anastomosis performed by submucosa-mucosa invagination with fibrin adhesive presented results less satisfactory than anastomosis performed with twelve encircling stitches.

OBJETIVO: Estudar os efeitos da associação do adesivo cirúrgico de fibrina à técnica operatória da invaginação submucosa, em anastomoses esofagianas. MÉTODO: Trinta e dois cães submetidos à anastomose esôfago-esofágica foram alocados em dois grupos: I com sutura em doze pontos e II com sutura em quatro pontos e vedação com adesivo de fibrina. Os animais foram avaliados no sétimo e décimo-quarto dias de pós-operatório. Foram analisados: a evolução ponderal, o índice de estenose, a incidência de deiscências e fístulas, a presença de secreções na tela subcutânea, a presença de líquido intersticial, matriz protêica, celularidade, fibroblastos, fibras de colágeno e concentração de hidroxiprolina. RESULTADOS: O índice de estenose foi menor para os animais do grupo I no sétimo dia de observação. Nos animais do grupo II a incidência de deiscências, secreção serosa e purulenta foram signitivamente maiores aos sete e quatorze dias, enquanto a presença de fístulas foi maior no sétimo dia. Quanto à concentração tecidual de hidroxiprolina não houve diferença estatística entre os grupos. Os fibroblastos e fibras de colágeno tiveram presença mais acentuada no grupo II no décimo-quarto dia. Ocorreram quatro óbitos em animais do grupo II. CONCLUSÕES: A anastomose por invaginação submucosa-mucosa com vedação com adesivo de fibrina apresentou piores resultados que a anastomose convencional de doze pontos circunferenciais.
Palavra-chave Dogs
Esophagus
Fibrin adhesive
Surgical anastomosis
Anastomose Cirúrgica
Cães
Adesivo de Fibrina
Esôfago
Idioma Português
Data de publicação 2004-08-01
Publicado em Revista do Colégio Brasileiro de Cirurgiões. Colégio Brasileiro de Cirurgiões, v. 31, n. 4, p. 228-232, 2004.
ISSN 0100-6991 (Sherpa/Romeo)
Publicador Colégio Brasileiro de Cirurgiões
Extensão 228-232
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0100-69912004000400003
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0100-69912004000400003 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/2184

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0100-69912004000400003.pdf
Tamanho: 63.82KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta