Atuação do LT na dinâmica de reparação da matriz óssea

Atuação do LT na dinâmica de reparação da matriz óssea

Título alternativo Therapeutic laser effect in the bone matrix dynamic repair
Autor Merli, Luiz Antonio de Souza Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Faloppa, Flávio Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Introdução: A reparação óssea é um processo fisiológico que envolve as fases de inflamação, reparação e remodelação. A aplicação do Laser Terapêutico tem o efeito de bioestimulação do reparo tecidual. Objetivos: O presente trabalho busca estudar a ação do laser terapêutico sobre a reparação da matriz óssea avaliando a organização do tecido ósseo neoformado analisando as alterações na composição celular, bem como dos componentes da matriz extracelular. Material e Métodos: Foram utilizados 60 fêmures de 30 ratos machos da linhagem Wistar com aproximadamente 350 a 450g que foram submetidos a perfuração óssea de 2mm de diâmetro e submetidos ou não a aplicação de laser InGaAlP de 660 mm. Os animais foram eutanazidos nos períodos de 4, 8 e 14 dias constituindo 6 grupos Laser Terapêutico (LT) e controle (CTR). As alterações na organização do tecido neoformado bem como a avaliação histomorfométrica, foram realizadas pelos métodos de coloração de hematoxilina e eosina, alcian blue e PAS. Os glicosaminoglicanos do tecido ósseo foram extraídos e caracterizados por eletroforese em gel de agarose. A quantificação do ácido hialurônico dos grupos LT e CTR 4, 8 e 14 dias foi pelo fluorimétrico não-competitivo “Elisa-like”. Componentes da matriz óssea tais como proteoglicanos (biglicam e decorin), proteínas ósseas não-colágenas (DMP-1, BSP, OPN, osteocalcina e osteonectina) bem como o ácido hialurônico foram avaliados por imunohistoquímica. Conclusões: O Laser Terapêutico foi capaz de aumentar a área neoformada no processo de reparo ósseo, quando comparado ao grupo CTR. A organização da matriz óssea celular foi antecipada no grupo LT em relação ao grupo CTR. Os proteoglicanos, glicosaminoglicanos e proteínas ósseas não-colagéno tem a suas expressões aumentadas no grupo LT, quando comparado ao grupo CTR.
Palavra-chave Animais
Terapia a laser
Glicosaminoglicanas
Matriz extracelular
Proteoglicanas
Osso e ossos
Fêmur
Ratos Wistar
Idioma Português
Data de publicação 2010
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2010. 90 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 90 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/21834

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta