Resistência de amostras de Helicobacter pylori isoladas de crianças e adolescentes à claritromicina, amoxicilina, furazolidona, tetraciclina e metronidazol

Resistência de amostras de Helicobacter pylori isoladas de crianças e adolescentes à claritromicina, amoxicilina, furazolidona, tetraciclina e metronidazol

Título alternativo Helicobacter pylori resistance to clarithromycin, amoxicillin, furazolidone, tetracycline and metronidazole in children and adolescents
Autor Ogata, Silvio Kazuo Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Kawakami, Elisabete Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo geral: Avaliar a susceptibilidade a claritromicina, amoxicilina, furazolidona, tetraciclina e metronidazol de amostras de Helicobacter pylori isoladas de mucosa gastrica de criancas e adolescentes. Objetivos especificos: 1. Dois testes de difusao para avaliar a susceptibilidade a antimicrobianos foram comparados ao teste de diluicao em agar. 2. Avaliar a taxa de erradicacao do H. pylori com esquema triplice baseado na susceptibilidade antimicrobiana em 18 pacientes. Metodologia: Estudo transversal prospectivo e consecutivo. Metodos: 77 amostras de Helicobacter pylori foram isoladas em placas contendo agar BHI complementado com sangue de carneiro desfibrinado 10% e suplemento de antibioticos (5 mg/L), incubadas a 37ºC em microaerofilia (5% O2, 10% CO2 e 85% N2) com 95% de umidade relativa por 7-10 dias.Testes de susceptibilidade in vitro aos antimicrobianos - Diluicao em agar (padrao-ouro): determinou-se a CIM (0,015 a 64&#956;g/mL) para a claritromicina, tetraciclina, furazolidona, amoxicilina e metronidazol (0,015 a 256&#956;g/mL), em diluicoes duplicadas seriadas. Difusao em disco: Halo de inibicao para: claritromicina < 21mm, furazolidona < 13mm, amoxicilina < 25mm foram considerados resistentes e para o metronidazol: resistente < 16mm, sensivel > 21mm e intermediario 16 - 21mm. E-teste: determinou-se a CIM comparando a regiao de inibicao de crescimento com a escala impressa na fita para a claritromicina, tetraciclina, metronidazol e amoxicilina. Cepas padrao. Helicobacter pylori INCQS 00380 (origem ATCC 43504). Analise estatistica: A analise dos testes baseou-se na CIM pela tecnica de diluicao em agar. A CIM 50 e CIM 90 foram determinadas pela menor concentracao de antimicrobiano capaz de inibir 50% e 90% dos isolados testados, respectivamente. A comparacao entre os testes foi feita pela correlacao de Spearman para os valores da CIM. As discordancias entre os testes foram analisadas pelo teste de McNemar. A taxa de erradicacao do Helicobacter pylori foi apresentada em porcentagem de erradicacao pela analise de intencao de tratamento. Resultados: As taxas decrescentes de resistencia aos antimicrobianos com base no teste de diluicao em agar foram de 40,2% (31/77) para o metronidazol, 19,5% (15/77) para a claritromicina e 10,4% (8/77) para a amoxicilina. Nao houve amostras resistentes a furazolidona e a tetraciclina. O E-teste apresentou boa concordancia para a diluicao em agar: tetraciclina (100%), amoxicilina (98,7%), claritromicina (98,7%) e metronidazol (93,5%). A difusao em disco apresentou boa concordancia apenas para a furazolidona (100%); tendo sido mais baixa para o metronidazol (83,1%), claritromicina (83,1%) e amoxicilina (41,6%). A correlacao dos valores da CIM com os do E-teste foi boa para o metronidazol (r=0,7992, p < 0,0001) e a claritromicina (r =0.6369, p < 0,0001), mas inferiores para a amoxicilina (r = 0,3565, p = 0,0015) e tetraciclina (r = 0,2346, p = 0,04). A melhor correlacao observada com o metodo da difusao em disco foi para o metronidazol (r = - 0,6962, p < 0,0001), seguida da claritromicina (r = - 0,5656, p < 0,0001), amoxicilina (r = - 0,3695, p= 0,0009) e furazolidona (r = - 0,288, p = 0,8038). Dezoito pacientes foram tratados com base nos resultados de susceptibilidade, com taxa de erradicacao de 88,9% (IC95%: 81,4-96,5%). Conclusoes: 1. Nao foram observadas amostras resistentes a furazolidona e a tetraciclina, enquanto que a taxa mais elevada de resistencia foi para o metronidazol, seguida pela claritromicina (19,5%),o que poderia inviabilizar seu uso em futuros esquemas de erradicacao. Foram observados valores intermediarios de resistencia a amoxicilina, apesar do uso difundido na pratica pediatrica. 2. O E-teste pode ser usado para a avaliacao da susceptibilidade aos antimicrobianos avaliados, ao contrario do metodo de difusao em disco.3.A erradicacao do Helicobacter pylori com o esquema antimicrobiano baseado no teste de susceptibilidade foi eficaz (88,9%), porem estudos posteriores com amostragem mais ampla sao necessarios
Palavra-chave Helicobacter pylori
Testes de sensibilidade microbiana
Resistência microbiana a medicamentos
Testes de sensibilidade a antimicrobianos por disco-difusão
Adolescente
Criança
Idioma Português
Data de publicação 2010
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2010. 135 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 135 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/21797

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta