Efeito do uso diario da associacao estavudina / mesilato de nelfinavir sobre toda a prenhez da rata albina

Efeito do uso diario da associacao estavudina / mesilato de nelfinavir sobre toda a prenhez da rata albina

Título alternativo Effect of daily use of association estavudine/ nelfinavir mesylate on whole pregnancy of albino rats: biological assay
Autor Carvalho, Gisela Maria Vieira Rodrigues de Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: Investigar o efeito do uso diario da associacao estavudina/mesilato de nelfinavir sobre toda a prenhez da rata albina. Materiais e metodos: 40 ratas albinas gravidas EPM-Wistar (Rattus norvegicus albinus) foram divididas em quatro (4) grupos. O grupo controle (Contr) nao recebeu qualquer droga e os tres grupos experimentais: 1 (Exper1), 2 (Exper2) e 3 (Exper3) receberam diariamente, durante toda a prenhez, respectivamente 1, 3 e 9 mg/kg de estavudina (d4T) associado a 40, 120 e 360 mg/kg de mesilato de nelfinavir (NFV). No 20º dia da prenhez as ratas foram anestesiadas e sacrificadas. Os resultados analisados foram: peso semanal das matrizes, numero de implantacoes e reabsorcoes,peso e numero dos fetos e das placentas, mortalidade materna e fetal e malformacoes. Resultados: Todos os grupos apresentaram ganho ponderal nao-homogeneo caracteristico das matrizes no decorrer da gestacao, com aumento gradativo ate o 14º dia e a partir deste, incremento exponencial ate o 20º dia da prenhez. Em todos os grupos os ganhos percentuais foram significativos estatisticamente nos tres periodos avaliados da gravidez (7º, 14º e 20º dia) (p-valor <0,01).Quanto ao numero de implantacoes, fetos e placentas nao foram observadas diferencas estatisticamente significativas nos quatro grupos estudados. Nao foram observadas reabsorcoes nos grupos experimentais e os pesos medios fetal e placentario nao apresentaram diferencas estatisticamente significativas entre os grupos estudados. Apenas um obito fetal foi observado no grupo experimental 1 (que recebeu a menor dose) e quanto a mortalidade materna ocorreu apenas um caso em cada grupo experimental, valores estes tambem nao considerados estatisticamente significativos. Nao foram observadas malformacoes maiores. Conclusao: A associacao da estavudina/ mesilato de nelfinavir nao provocou alteracao no ganho de peso das matrizes, nem no peso fetal ou placentario. Tambem nao alterou o numero de crias, implantacoes e reabsorcoes. Nao elevou a ocorrencia de obitos maternos e fetais, nem de malformacoes
Palavra-chave Antirretrovirais
Estavudina
Mesilatos
Prenhez/efeitos de drogas
Desenvolvimento Embrionário/efeitos de drogas
Ratos Endogâmicos
Idioma Português
Data de publicação 2010
Publicado em São Paulo - Brasil: [s.n.], 2010. 121 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 121 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/21786

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta