Diagnóstico do hipotiroidismo central subclínico em pacientes com doença hipotálamo-hipofisária pela ecocardiografia Doppler

Diagnóstico do hipotiroidismo central subclínico em pacientes com doença hipotálamo-hipofisária pela ecocardiografia Doppler

Título alternativo Diagnosis of subclinical central hypothyroidism in patients with hypothalamic-pituitary disease by doppler echocardiography
Autor Doin, Fabio Luiz Casanova Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Moisés, Valdir Ambrósio Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo O diagnostico do hipotiroidismo central subclinico em pacientes com doenca hipotalamo-hipofisaria nao pode ser realizado pelos marcadores sericos de acao do hormonio tiroidiano atualmente disponiveis. O objetivo do estudo foi avaliar a performance de parametros da funcao miocardica obtidos pela ecocardiografia Doppler para o diagnostico do hipotiroidismo central subclinico. Metodos: Estudo ecocardiografico e dosagem serica de hormonios tiroidianos foram realizados em pacientes com hipotiroidismo primario clinico (n=20), hipotiroidismo central clinico (n=10), hipotiroidismo primario subclinico (n=10), doenca hipotalamohipofisaria com dosagem de tiroxina livre serica normal (n=25). Vinte e oito individuos saudaveis foram utilizados como grupo controle. Pontos de corte diagnosticos para os parametros ecocardiograficos, definidos a partir de curvas ROC (receiver-operating characteristic curves), definiram o diagnostico de hipotiroidismo central subclinico nos pacientes com doenca hipotalamo-hipofisaria. Os pacientes foram reavaliados apos reposicao hormonal com tiroxina apos atingirem niveis pre-definidos de hormonios tiroidianos: TSH serico normal no hipotiroidismo primario, tiroxina livre serica normal no hipotiroidismo central clinico, e niveis sericos de tiroxina livre maiores que os previos ao tratamento nos pacientes com hipotiroidismo central subclinico diagnosticados pela ecocardiografia. Resultados: Os parametros ecocardiograficos com maior area sob a curva ROC (&#8805; 0,94) foram: o tempo de contracao isovolumetrica, a relacao do tempo de contracao isovolumetrica pelo tempo de ejecao ventricular e o indice de performance miocardica. A maior acuracia diagnostica (93%) foi obtida quando pelo menos um parametro foi alterado (valores preditivos positivo e negativo: 93%). O hipotiroidismo central subclinico foi diagnosticado pela ecocardiografia em 14 de 25 patientes (56%) com doenca hipotalamo-hipofisaria e tiroxina livre serica normal. As alteracoes ecocardiograficas melhoraram significantemente apos o tratamento de reposicao hormonal e correlacionaram-se (0,05<P<0,001) com as variacoes do TSH (0,63<r<0,68)e datiroxina livre serica (-0,62<r<-0,55) no hipotiroidismo primario, e com as variacoes da tiroxina livre serica no hipotiroidismo central (-0,72<r<-0,50).Conclusao: A ecocardiografia Doppler e um metodo acurado para o diagnostico do hipotiroidismo central subclinico em pacientes com doenca hipotalamo-hipofisaria
Palavra-chave Hipotireoidismo
Doenças da hipófise
Sistema hipotálamo-hipofisário
Ecocardiografia Doppler
Hypothyroidism
Pituitary diseases
Hypothalamo-hypophyseal system
Echocardiography, doppler
Idioma Português
Data de publicação 2011
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2011. 78 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 78 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/21756

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta