Carie dentaria e praticas alimentares entre criancas matriculadas em creches do Municipio de São Paulo

Carie dentaria e praticas alimentares entre criancas matriculadas em creches do Municipio de São Paulo

Autor Biral, Adriana Manrubia Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo A carie dentaria e uma doenca infecciosa, transmissivel, multifatorial, que resulta da interacao de tres principais fatores: hospedeiro, microbiota e o substrato. A dieta tem grande impacto na Saúde bucal ja que ha forte correlacao entre o consumo de acucar e a experiencia de carie dentaria. Dados epidemiologicos a partir de indicadores clinicos, indicam declinio geral na prevalencia e severidade de carie dentaria nas populacoes infantis e adolescentes nos ultimos anos no Brasil e no mundo. Apesar dessa tendencia, estudos dos fatores associados a carie dentaria dentaria na primeira infancia evidenciam que essa doenca ainda e um dos principais problemas de Saúde da populacao que prepondera nos extratos de menor renda ainda excluidos dos programas profilaticos. Objetivo: Avaliar associacoes entre a carie dentaria e a Introdução de alimentos complementares nas criancas matriculadas em creches. Metodos: Estudo transversal com 288 criancas com idade entre 11 e 34 meses, de 8 creches do municipio de São Paulo, 2007. Para o diagnostico foi utilizando indice ceo-mod (dentes c=cariados, e=extraidos, o=obturadose e mod= mancha branca). A Introdução de alimentos foi investigada por meio de questionario respondido pelas maes. Para avaliar as associacoes bivariadas foi utilizado o teste qui-quadrado. Para analise multivariada foram ajustados modelos de regressao logistica. Resultados: A amostra apresentou ceo-mod≥1 em 77%, sendo o ceo-mod medio da populacao foi de 3,8. Identificaram-se como fatores de risco significantes para o ceo-mod o sexo masculino (OR=1,815;p=0,03) e a escolaridade paterna inferior a 8 anos (OR=1,94;p=0,02). O modelo de regressao logistica evidenciou a exposicao a carboidratos simples como fator de risco independente apos o controle dos efeitos de sexo e escolaridade paterna, sendo tal comportamento alimentar responsavel por aumento de 2,5 vezes nas chances de apresentar o indice ceo-mod ≥1. Discussao: Os erros alimentares levam a maior prevalencia de carie dentaria, ja que tanto a quantidade de sacarose ingerida, quanto a frequencia de inGestão sao importantes fatores envolvidos na etiologia da carie dentaria. A American Dietetic Association orienta que a nutricao e componente fundamental para a Saúde bucal e que tanto a alimentacao como a nutricao tem influencia direta no surgimento da doenca carie dentaria. Conclusao: A carie dentaria, mancha branca e consumo de carboidratos simples foi claramente observado de forma precoce na populacao estudada. Sugere-se que, uma atencao especial deve ser dada para esse grupo de individuos, adotando-se politicas preventivas em Saúde bucal pautadas na eliminacao de fatores de risco para o desenvolvimento da carie dentaria
Palavra-chave Comportamento Alimentar
Cárie Dentária
Hábitos Alimentares
Creches
Lactente
Pré-Escolar
Idioma Português
Data de publicação 2011
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2011. 83 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 83 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/21734

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta